O prefeito de Barras (Piauí), Edilson Sérvulo de Sousa, conhecido popularmente como Edilson Capote, teve o seu mandato cassado pelo juiz Jorge Cley Martins Vieira, da 6ª Zona Eleitoral de Barras/PI, cassou o mandato do prefeito de Barras, Edilson Sérculo de Sousa (PSD), conhecido como Edilson Capote. Na análise do processo, o magistrado julgou procedente a ação ajuizada pelo Ministério Público sob a acusação de abuso do poder econômico.

Também tiveram o mandato cassado a vice-prefeita Cynara Lages e os vereadores Roberto da Cynara, Jovelina Furtado, Antônio Neto, Irlândio Sales, Maria Cunha e José Nascimento.

A decisão é em primeira instância e cabe recurso ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PI). A sentença do juiz foi publicada na última sexta-feira (2).

De acordo com a denúncia do Ministério Público, por meio do promotor Silas Sereno Lopes, durante as eleições teriam sido cooptadas lideranças políticas e comunitárias com a distribuição de dinheiro, tal movimento teria sido realizado pelo irmão do prefeito, conhecido como Bombado.

O gestor permanece no mandato até que seja julgado o recurso pelo TRE-PI.


Da Redação
Foto: Arquivo


Da Redação
Foto: Arquivo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *