O Tribunal do Júri condenou na última sexta-feira (17) Bruna Vasconcelos Carvalho e Kelcyanne de Araújo Miranda a mais de 20 anos de prisão por homicídios, consumado e tentado, no município de Parnaíba no Norte do Piauí. O réu David Alisson da Cruz Sousa foi absolvido após requerimento do Ministério Público do Piauí.

O promotor de Justiça que responde pela 5ª Promotoria de Justiça de Parnaíba, Rômulo Paulo Cordão, representou o MPPI.

De acordo com o Tribunal de Justiça, o crime aconteceu em julho de 2019, por volta das 20 horas, na Lagoa do Portinho. As condenadas mataram Gilmara Véras de Araújo com sete perfurações de faca, e ainda tentaram assassinar a amiga da vítima, Dayane Lima da Silva, por desentendimentos anteriores.

Da Redação
Foto: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *