Conecte-se conosco

Cidades

Advogada Izadora Mourão é morta a facada em Pedro II

Publicado

em

A advogada Izadora Mourão, de 41 anos, foi assassinada com uma facada no pescoço na manhã deste sábado (13), em Pedro II, Norte do Piauí. As informações são do Portal P2. O crime chocou a cidade e comoveu as redes sociais em todo o Piauí.

Como foi o crime de Izadora Mourão?

Segundo um familiar de Izadora Mourão, uma mulher teria chegado para conversar com a advogada em sua residência em Pedro II, município da região Norte do Piauí. Indisposta, a advogada Izadora Mourão atendeu a mulher em seu quarto. A suspeita saiu da residência dizendo “que já tinha resolvido o problema com a advogada”. Minutos depois, a advogada foi encontrada morta por um familiar, com um ferimento no pescoço causado por uma faca.

O local do crime foi isolado pela Polícia Militar até a chegada da perícia. O crime será investigado pela Civil.O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para fazer a remoção do corpo.

Polícia Militar suspeita de sacoleira

De acordo com informações da Polícia Militar, a suspeita é uma sacoleira que teria feito uma cobrança na residência da vítima. 

Força Tática da PM atua para prender suspeita em Pedro II

Equipes de militares da Força Tática realizam diligências para prender a suspeita.

Izadora Mourão era advogada há apenas dois anos

Jovem, com 41 anos, Izadora Santos Mourão havia sido aprovada no XXIV Exame de Ordem Unificado da OAB em 2018, portanto, há dois anos. Segundo seu perfil no Instagram, Izadora atuava nas áreas de Direito Penal e Direito Processual Penal.

OAB emite nota de pesar e decreta luto por três dias

A Ordem dos Advogados do Brasil Piauí decretou luto por três dias pela morte da advogada Izadora Mourão. Segundo a nota oficial da OAB, a diretoria da entidade foi neste sábado ao município de Pedro II para prestar assistência à família da vítima. “Não há palavras que conforte a todos nesse momento diante de um crime bárbaro. Estivemos com Izadora na Conferência Nacional da Mulher Advogada e ela estava ali com a sua disposição e amizade com todos da delegação do Piauí. Vamos acompanhar o caso para que se faça justiça”, disse e nota Celso Barros Coelho Neto, presidente da OAB.


Da Redação
Foto: Redes sociais

Cidades

Balé da Cidade de Teresina lança série documental “Como ensaiamos”

Publicado

em

Desde o último dia 12 de abril, o Balé da Cidade de Teresina exibe em suas redes sociais a série documental “Como ensaiamos?”. Apresentando vídeos e fotos sobre a rotina de aulas e ensaios dos integrantes da companhia durante o período da pandemia do novo Coronavírus, onde ensaios e apresentações foram cancelados por conta das medidas de distanciamento.

Para Chica Silva, diretora do Balé da Cidade, a série também será uma forma de aproximação com o público, que desde o início da pandemia não teve mais acesso às apresentações. “Queremos compartilhar com o nosso público, de forma mais íntima, como tem sido essa experiência de um ano trabalhando dentro de casa. A ideia é passar a experiência de um olhar mais próximo, como se o público entrasse na nossa casa e nos visse dançar”, explica a diretora do Balé da Cidade, Chica Silva.

A série será atualizada toda segunda e quarta-feira no instagram e no Facebook da Companhia. Para acompanhar basta seguir o Balé da Cidade no instagram ou facebook através do @baledacidadedeteresina.

Sobre a Companhia
O Balé da Cidade de Teresina é uma companhia pública de Dança Contemporânea que atua há 27 anos no cenário artístico local e nacional, contribuindo com o desenvolvimento e aprofundamento da dança piauiense. Vem aproximando a dança da cidade através da sua atuação compromissada em diferentes ações, como temporadas de apresentações gratuitas, conversas e formação continuada.

O Balé da Cidade de Teresina conta com 18 integrantes e é mantido pela Prefeitura Municipal de Teresina, por meio de uma parceria entre a Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves e a Associação dos Amigos do Balé da Cidade de Teresina.

Fonte: Ascom/PMT

Continue lendo

Cidades

Polícia emite no de pesar pelo agente de polícia Walter Silva

Publicado

em

A Delegacia Geral de Polícia Civil do Piauí emitiu nesta segunda-feira (19) nota de pesar pelo falecimento de agente de Polícia Civil Walter da Costa e Silva, conhecido carinhosamente como Walter Gago.

De acordo com a nota da Polícia Civil, Walter Gago faleceu de complicações de covid-19. O agente ingressou na Polícia Civil em 1986, onde contribui com trabalhos para a instituição. O sepultamento do agente acontecerá no cemitério São Judas Tadeu.

Confira a nota da Polícia Civil:
A Delegacia Geral de Polícia Civil vem, por meio da presente nota, manifestar votos de pesar pelo falecimento do Agente de Polícia Civil Walter da Costa e Silva, conhecido carinhosamente como Walter Gago, ocorrido em 19 de abril de 2021, em decorrência da Covid-19.

Atualmente, o agente de polícia estava lotado na sede da Secretaria de Segurança Pública do Piauí, tendo ingressado na PC-PI no ano de 1986, contribuindo por toda uma vida com os trabalhos da instituição.

A Delegacia Geral deseja conforto aos familiares e amigos do APC Wlater da Costa e Silva Carvalho da Silva nesse momento de dor.

O sepultamento acontece no cemitério São Judas , na zona Sudeste de Teresina.

Da Redação

Continue lendo

Cidades

Piauí Conectado vai levar cobertura de internet a 100% do estado

Publicado

em

Em reunião do Conselho Gestor de Parcerias Público-Privadas do Governo do Estado foi aprovada a expansão do Projeto Piauí Conectado, que irá assegurar acesso à internet banda larga para os 224 municípios do estado.

O diretor-presidente da concessionária SPE Piauí Conectado, Emerson Silva, explica que a ampliação da cobertura de internet de qualidade em todo o estado irá proporcionar inúmeros benefícios para a população. “Em dois anos de implantação do nosso projeto, a cobertura de internet no Piauí cresceu 125%, um número bem acima da média brasileira que foi 22%. Com essa expansão, o estado ficará 100% conectado por meio de fibra ótica, gerando melhorias na prestação do serviço público e na qualidade de vida da população”, destaca o gestor.

Para o governador Wellington Dias, a expansão é muito benéfica para o Piaui. “Temos uma prática pioneira no Brasil, levando internet de qualidade aos pontos mais distantes do estado. Um modelo de referência para todo o Brasil. Isso significa a viabilidade de serviços de telemedicina, segurança, educação EAD, possibilidade de serviços bancários e de crédito, que ampliam, e muito, as possibilidades não só do comércio, mas também de toda a estrutura social”, destacou o gestor.

Atualmente, o Piauí Conectado está presente em 101 municípios, beneficiando cerca de 2,5 milhões de piauienses. Com a expansão, o projeto chegará aos 224 municípios e alcançará 12 mil quilômetros de rede de fibra óptica.

Para a superintende de Parcerias e Concessões do Estado, Viviane Moura, o estudo de expansão foi iniciado para ressignificar a Administração Pública de todo o Estado com serviços de qualidade. Ela acredita que a tendência, no futuro, é fortalecer cada vez mais a telemedicina, a tele-segurança e a teleducação. “É por meio da rede que a gente se conecta e para a Administração Pública tem sido o caminho para que as atividades não suspendam ou parem. É graças a essa PPP que conseguimos manter um ritmo de trabalho. A Piauí Conectado tem sido uma grande parceira no sentido de abrandar as dores causadas em decorrência do coronavírus. As 101 cidades contempladas no projeto demandam e dependem, para que vários serviços funcionem, de uma rede capaz de atender a várias frentes de atuação do governo, como educação, saúde e segurança”, frisa a gestora.

O Projeto Piauí Conectado é uma iniciativa de Parceria Público-Privada (PPP) que prevê a implantação de uma rede de fibra óptica de internet de qualidade e menor custo. O objetivo é que essa rede atenda as demandas da população piauiense nas três principais áreas da administração pública: educação, saúde e segurança.

Fonte: CCOM

Continue lendo

Popular