Conecte-se conosco

    Cotidiano

    Isolamento social fica mais rígido até domingo; veja o que abre e fecha

    Publicado

    em

    Com o isolamento social em Teresina mais rígido desde a última quinta-feira (2) e segue assim até o próximo domingo (5), algumas atividades ficarão restritas. O decreto, assinado na terça-feira pelo prefeito Firmino Filho, busca conter o avanço da disseminação da Covid-19 e preparar a cidade para o início da reabertura econômica, a partir do dia 6.

    Nesta sexta (3), assim como na quinta-feira (01), foi decretado ponto facultativo nos órgãos públicos municipais para aumentar as taxas do isolamento social.

    Funcionam nesta sexta-feira:
    Mercados, supermercados, hipermercados e congêneres; panificadoras e padarias; serviços bancários; casas lotéricas; atividades de distribuição e comercialização de combustíveis, biocombustíveis, gás liquefeito de petróleo e demais derivados do petróleo; farmácias e drogarias, serviços de saúde; serviços de segurança e vigilância; serviços de delivery exclusivamente para alimentação; órgãos e profissionais de comunicação; situações comprovadas de urgências e emergências.

    Funcionam no sábado e domingo:
    Farmácias e drogarias; serviços de saúde; serviços de segurança e vigilância; serviços de delivery exclusivamente para alimentação e situações comprovadas de urgências e emergências.

    Fiscalização
    As medidas determinadas no decreto serão fiscalizadas pela Vigilância Sanitária Municipal, em articulação com os serviços de vigilância Sanitária federal e estadual, e com o apoio da Guarda Civil Municipal, da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito – Strans, da Polícia Militar, da Polícia Civil e da Secretaria de Transportes – Setrans/PI. Neste sentido, estes órgãos reforçarão a orientação e fiscalização no que diz respeito às proibições sobre aglomeração de pessoas; circulação em grande número de pessoas em locais públicos; consumo de bebidas alcoólicas em locais públicos e direção sob efeito de bebida alcoólica.

    Da Redação

    Propaganda
    Clique para comentar

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Propaganda

    Banca de Jornal

    Propaganda

    Popular