Conecte-se conosco

Política

Inflação de famílias de renda mais baixa sobe 1%, diz Ipea

Publicado

em

[ad_1]

A inflação para as famílias de renda mais baixa, que são as com rendimento familiar mensal menor do que R$ 1.650,50, teve alta de 1% em novembro. Em outubro, tinha sido 0,98%. É o que mostra o Indicador Ipea de Inflação por Faixa de Renda para o mês, divulgado hoje (11), no Rio de Janeiro, pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). 

Segundo a pesquisa, a única faixa de renda que registrou desaceleração inflacionária foi a das famílias de renda mais alta. Para elas, que têm rendimento domiciliar superior a R$ 16.509,66, a variação de preços caiu de 0,82% em outubro para 0,63% em novembro.

Desde março deste ano o comportamento dos preços dos alimentos no domicílio provoca pressão na inflação das classes mais pobres. O grupo alimentos e bebidas foi responsável, sozinho, por 75% da inflação nessa classe de renda em novembro. Os destaques foram os aumentos no arroz (6,3%), batata (29,7%), frango (5,2%), óleo de soja (9,2%) e carnes (6,5%).

Já no grupo transportes, a alta foi causada pelos reajustes dos transportes por aplicativo (7,7%), gasolina (1,6%) e etanol (9,2%), que impactaram, principalmente, as famílias mais ricas.

Acumulado

No acumulado do ano, a inflação das famílias de renda alta (1,68%) foi bem menor que a registrada pelas famílias de menor poder aquisitivo (4,56%). A pesquisa apontou também que, nos 11 primeiros meses de 2020, as famílias de maior poder aquisitivo foram beneficiadas com a desaceleração nos preços dos serviços, enquanto a alta nos alimentos permaneceu impactando o custo de vida dos mais pobres. 

“Neste ano, o cenário inflacionário combinou forte aceleração de preços de alimentos com uma alta desaceleração da inflação de serviços, o que explica o diferencial da inflação entre as faixas de renda mais baixa e mais alta”, indicou a análise do Ipea.

Entre janeiro e novembro, a cesta de consumo dos mais pobres teve altas que mais pesam no cálculo, como o arroz (69,5%), feijão (40,8%), leite (25%), óleo de soja (94,1%), carnes (13,9%) e frango (14%). 

Ao contrário, os itens de maior peso para as famílias com renda mais alta tiveram deflação, a exemplo da passagem aérea (-35,3%), do transporte por aplicativo (-16,8%), da gasolina (-1,7%) e das despesas com recreação (-1,1%).

De acordo com o Ipea, na comparação com novembro de 2019, a taxa de inflação da renda muito baixa aumentou 85%, enquanto que para o grupo de renda alta a alta foi menos acentuada (48%). A inflação das famílias mais pobres passou de 0,54% para 1,0%, enquanto as famílias mais ricas registraram uma pressão inflacionária de 0,43% para 0,63%. 

Conforme a pesquisa, no acumulado em 12 meses, entre dezembro de 2019 e novembro de 2020, houve aumento na inflação de todos os segmentos, mas a taxa de inflação da faixa de renda mais baixa (5,8%) “mantém sua trajetória de aceleração em ritmo superior àquela apontada na classe de renda mais alta (2,7%)”.

[ad_2]

Fonte: Agência Brasil

Política

Governador se reúne com ministro Pazuello e representantes da Fiocruz

Publicado

em

O governador do Piauí e presidente do Consórcio Nordeste, Wellington Dias, participa de reunião, nesta segunda-feira (8), com representantes da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e com o ministro da Saúde, Eduardo Pazzuello, no Rio de Janeiro. Na ocasião, Wellington representará também o Fórum dos Governadores do Brasil e cobrará uma posição da instituição sobre o atraso no cronograma de entrega de doses da vacina de Oxford/AstraZeneca.

A Fiocruz iria entregar no mês de março 16,9 milhões de doses da vacina, mas apresentou ao Ministério da Saúde, no sábado (6), um novo cronograma reduzindo para 3,8 milhões de doses.

“Na agenda com o ministro Pazuello, com o Fórum dos Governadores do Brasil, no último dia 17 de fevereiro, recebemos um cronograma e, por esse, a Fiocruz estaria entregando para o Ministério da Saúde 16,9 milhões de vacinas: 4 milhões da Serum e 12,9 da Fiocruz. Tivemos alterações, 2 milhões a menos da Serum e agora 3,8 milhões da Fiocruz. Também estamos em um compasso no que é possível de entrega de 2,9 milhões da AstraZeneca, por parte do consórcio da OMS”, relatou Wellington.

Com a redução da entrega de doses, o cronograma de vacinação do grupo de risco irá atrasar. Nesse sentido, o governador do Piauí irá buscar uma solução para evitar a pressão nos hospitais e o número de óbitos desse grupo. “Essa agenda com a Fiocruz e com o ministro Pazuello nesta segunda-feira é muito importante, porque precisamos vacinar todo esse grupo de maior risco para tirar toda essa pressão por vaga em hospitais e de forma a reduzir também os óbitos no Brasil. É uma meta importante e queremos atingi-la”, afirmou o presidente do Consórcio Nordeste.

Com informações da CCom

Continue lendo

Política

Governo lança linha de crédito para mulheres nesta segunda

Publicado

em

A Piauí Fomento, agência financeira do Estado, lança, nesta segunda-feira (8), um programa de microcrédito especial para atender empreendedoras, em parceria com a Coordenadoria de Estado de Políticas para as Mulheres (CEPM).

O lançamento do Fomento Mulher será realizado de modo híbrido, parte online e parte remota, com a participação do governador Wellington Dias, da vice-governadora Regina Sousa e demais autoridades e convidados, que podem acompanhar virtualmente. A parte presencial do evento será na sede da Piauí Fomento, no Centro de Teresina, cumprindo todas as medidas sanitárias de combate à Covid-19.

O programa Fomento Mulher vai apoiar os pequenos negócios, liderados por elas, para estimular o empreendedorismo feminino e gerar emprego e renda no estado. Essa é uma das ações, dentre outras, que serão executadas pelo Governo do Piauí para marcar o Dia Internacional das Mulheres, comemorado nesta segunda.

Podem ser beneficiadas com a linha Fomento Mulher, as microempreendedoras individuais (MEI), empresária individual (EI) ou Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (Eireli). A ação contempla também empreendedoras informais.

Com informações da CCom

Continue lendo

Política

Governador anuncia doação à instituição de caridade no dia de seu aniversário

Publicado

em

O governador Wellington Dias (PT) agradeceu as felicitações recebidas pelo seu aniversário nas redes sociais. Como faz todos os anos, o governador anunciou ajuda a uma instituição de caridade.

“Muito grato por todas as mensagens lindas que recebi hoje. Foi um aniversário diferente, mas procurei manter uma tradição de mais de 15 anos: a de ajudar uma instituição de caridade. A escolhida foi o Centro de Valorização da Vida, onde voluntários dedicam seu tempo para ajudar, aconselhar e ser um ombro amigo para aqueles que estão em depressão”, explica.

“Obrigado a todos que doaram! Finalizo o dia com um encontro virtual com amigos, colegas de trabalho, familiares e com as bênçãos de Deus, a partir de um ato ecumênico. Tudo pela tela do computador, mas com muito amor. Um grande abraço, mesmo que virtual”, destaca.

Da Redação

Continue lendo

Popular