A segurança durante as festividades que estão ocorrendo em todo o estado, entre os meses de junho e julho deste ano, será reforçada pela Polícia Militar do Piauí com planos estratégicos que já estão sendo colocados em prática. E entre as ações adotadas para este período está a participação do Batalhão de Operações Aéreas – BOPAer com o patrulhamento aéreo.

O tradicional festival de Inverno de Pedro II, que vai ocorrer entre os dias 8 e 11 deste mês, também contará com o reforço do patrulhamento policial aéreo. De acordo com o comandante do BOPAer, tenente-coronel Cléber Bezerra, o batalhão vai reforçar a segurança do evento que promete atrair milhões de visitantes.

“Em relação ao festival de Inverno de Pedro II, nós temos o planejamento de deslocar a aeronave com toda a equipe de apoio em solo para assim realizarmos todo patrulhamento da região e divisas. E em casos de potenciais ocorrências que necessitem de intervenção da aeronave, tais como atendimento médico ou resgate em local de difícil acesso, nós estamos levando todo o equipamento necessário”, frisou o comandante.

Além de Pedro II, a equipe do BOPAer segue em direção ao município de Campo Maior, para reforçar a segurança dos últimos dias do tradicional festejo de Santo Antônio, que está acontecendo na cidade desde o dia 31 de maio. “Em Campo Maior vamos prestar patrulhamento aéreo nos dias 12 e 13, últimos dias do festejo para reforçar e auxiliar no policiamento’’, explicou Bezerra.

Durante reunião com os Comandantes das Unidades Especializadas, o Departamento Geral de Operações-DGO, através do chefe do departamento, coronel Jacks Galvão, o trabalho de integração entre a Polícia Militar e as demais forças de segurança continuam com o propósito de levar segurança e tranquilidade aos piauienses e turistas.

“As equipes tanto da Polícia Militar, como a Polícia Civil e do Corpo de Bombeiros, estão estrategicamente distribuídos para atuarem em vários eventos juninos, para assim garantir a tranquilidade nos locais com maior concentração de pessoas. A PM está atuando com patrulhamento aéreo, rondas ostensivas, operações de abordagem e busca em todo território piauiense. São 60 dias de muito trabalho e desafios, tenho certeza que os festejos juninos serão de muita paz e tranquilidade”, finalizou Galvão.

Região Sul
Além dos municípios da região Norte do estado, as cidades do Sul também estão sendo contempladas com o policiamento aéreo. O festival Junino de Picos, que ocorreu entre os dias 02 e 03 deste junho, contou com o reforço do helicóptero da Polícia Militar.

“Estivemos em Picos no último final de semana em um evento relativo a festas juninas, o qual reuniu um grande número de pessoas da região e de outros locais. Nós enviamos a aeronave que reforçou o policiamento na cidade através das atividades rotineiras de operações aéreas, patrulhamento na área urbana e também na área rural do município. Na localidade, realizamos sobrevoos diários por toda a área urbana e um voo mais longo na região de fronteira, de divisa com outras cidades que são considerados de grande risco, em termos de ocorrência policial. Nós não registramos nenhuma ocorrência diretamente atendida pelo BOPAer”, finalizou o comandante do Comando de Aviação e Operações Aéreas (COPAer), coronel Josuer.

Fonte: Ascom
Foto: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *