Greco será extinto e departamento será criado para combater facções criminosas

O Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco) será extinto. Em breve, a delegacia especializada, criada com a finalidade maior de combater roubos à instituições financeiras, será reestruturada. Com a ampliação vem uma nova nomenclatura e o status de departamento para o enfrentamento direto às facções criminosas.

O delegado Charles Pessoa, coordenador do Greco informou que a instalação do Draco está de acordo com as diretrizes para criações de delegacias do Governo do Estado com o objetivo de combater ações criminosas em todo o Piauí.

“Vai passar de um grupo para um departamento. O Draco vai ficar responsável pelo combate às facções criminosas e será composto por várias delegacias atendendo a uma diretriz do próprio Governo do Estado de criações de delegacias para atuar no enfrentamento às facções criminosas, então, essa atribuição ficará a cargo do Draco”, destacou Pessoa.

Greco será extinto e departamento será criado para combater facções criminosas
Charles Pessoa, coordenador do Greco

A onda acelerada de assassinatos tem mobilizado o sistema de Segurança Pública do Piauí que caracterizou a situação como uma “guerra entre criminosos”, membros de facções que usufruem da alta circulação de armas de fogo ilícitas. O coordenador do Greco reforça o empenho diário das forças de segurança no estado.

“A gente está com um pouco mais de um mês de gestão.  Mas posso assegurar que nós [Polícia Civil, Polícia Militar- de forma integrada com o Ministério Público e o Poder Judiciário- bem como com sistema penitenciário] estamos trabalhando diariamente, além da parceria com outras forças de segurança dos estados vizinhos. Logo logo, a sociedade piauiense irá sentir os resultados desse trabalho voltado para o enfrentamento direto à essas facções criminosas. Com certeza, vamos diminuir os índices de criminalidade violenta”, garante o delegado. 

Da Redação
Foto: Arquivo

relacionadas

talvez você goste