Conecte-se conosco

    Política

    Governo do Estado decreta lockdown parcial no fim de semana; confira o que abre

    Publicado

    em

    O Governo do Piauí decretou nesta sexta-feira (19) medidas mais rígidas para os dias 20 e 21 de junho (sábado e domingo) para todo o estado.

    As medidas são para fortalecer ações de enfrentamento ao novo coronavírus, que no Piauí tem mais de 12 mil casos confirmados e vitimou 435 pessoas,  conforme boletim divulgado na quinta-feira (18) pela Secretaria de Saúde do Piauí (Sesapi).

    De acordo com o novo decreto, no sábado (20), ficam garantidos o funcionamento de:

    Farmácias e drogarias;
    Serviços de saúde;
    Mercados e supermercados;
    Panificadoras e padarias;
    Atividades de distribuição e comercialização de combustíveis, biocombustíveis, gás liquefeito de petróleo e demais derivados de petróleo;
    Borracharias;
    Serviços de delivery;
    Serviços de segurança e vigilância;
    Pontos de alimentação localizados às margens de rodovias;
    Serviços de transporte de cargas;
    Serviços bancários exclusivamente para pagamento de auxílio emergencial e benefícios sociais e autoatendimento;
    Atividades agrícolas e agroindustriais, incluindo colheita, ordenha, armazenagem e secagem, entre outras atividades sob risco de perecimento;
    Atividades de obras de infraestrutura de transportes e para a produção de energia realizadas em parques situados na zona rural;
    Casas lotéricas;
    Concessionárias de veículos, exclusivamente o setor de oficina, para serviços de manutenção e conserto de veículos.

    Já no domingo (21), estarão abertos os serviços de:
    Farmácias e drogarias;
    Serviços de saúde;
    Imprensa;
    Serviços de segurança e vigilância;
    Serviços de delivery exclusivamente para alimentação;
    Serviços de autoatendimento bancário;
    Borracharias, postos de combustíveis e pontos de alimentação localizados às margens de rodovias e serviços de transporte de cargas;
    Atividades agrícolas e agroindustriais, incluindo colheita, ordenha, armazenagem e secagem, entre outras atividades sob risco de perecimento.

    Serviços públicos
    Os serviços públicos tais como energia elétrica, saneamento básico, funerários, segurança pública, telecomunicações e radiodifusão, deverão funcionar entre os dias 20 e 21 de junho respeitando as determinações sanitárias expedidas para a contenção do novo coronavírus, inclusive quanto aos atendimentos emergenciais.

    Da Redação

    Propaganda
    Clique para comentar

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Propaganda

    Banca de Jornal

    Propaganda

    Popular