O governador Rafael Fonteles inaugurou, neste sábado (27), em Curimatá, no Sul do estado, a pavimentação asfáltica da pista de pouso do aeródromo da cidade e da PI-256, que liga Curimatá a Morro Cabeça do Tempo. As obras de mobilidade receberam recursos oriundos do tesouro estadual e representam mais qualidade de vida para a população.

A pavimentação da pista de pouso, executada pela Secretaria de Estado dos Transportes (Setrans), recebeu investimentos na ordem de R$ 2.822.008,58.

“Estamos aqui na bela cidade de Curimatá, no extremo Sul do Piauí, uma região riquíssima, de um povo acolhedor. Estamos entregando mais uma pista asfaltada realizada com recursos do governo do estado. Um aeroporto traz segurança para o transporte aéreo, muito importante para a área da saúde, e também para atração de investidores”, disse o chefe do Executivo estadual.

Rafael Fonteles destacou que a região tem um potencial enorme, ainda pouco aproveitado. Portanto, a chegada de investidores pela via aérea é fundamental para atrair empreendimentos e gerar emprego e renda. “É por isso que a gente está com esse programa enorme. Agora são mais de 30 aeródromos com pista asfaltada e pelo menos uma dezena com balizamento noturno, o que vai mudar a realidade aeroviária aqui do Piauí”, ressalta o gestor.

O secretário de Estado dos Transportes (Setrans), Jonas Moura, disse que a pista de pouso da cidade de Curimatá é uma obra muito importante, considerando a distância de Teresina, que é de cerca de 760 Km.

“Estamos integrando o Piauí como um todo. Essa pista vai possibilitar a atração de mais investimentos para essa região do estado”, afirma Moura.

O gestor acrescentou que está sendo planejada a melhoria do aeroporto do município de Corrente e que a pista de pouso da cidade de Bom Jesus em breve será inaugurada com terminal de passageiros e balizamento. Segundo ele, investimentos também serão aplicados na estrada da cidade de Currais e na serra do Quilombo.

Ainda no município de Curimatá, Rafael Fonteles inaugurou a pavimentação asfáltica da PI-256, que vai do entroncamento da PI-257, em Curimatá, até Morro Cabeça no Tempo, com extensão de 64,253km. Na obra foram investidos R$ 58.234.987,57, recursos do Tesouro Estadual, para execução dos serviços de terraplenagem; pavimentação em TSD na pista e TSS nos acostamentos; construção de bueiros; drenagem superficial (meio fio, entrada d’água, descida d’água, sarjeta e dreno longitudinal profundo), além de sinalização horizontal e vertical.

De acordo com o governador, essa foi a última cidade do Piauí a ter a ligação asfáltica.

“Foi uma das grandes obras de infraestrutura rodoviária que nosso ex-governador Wellington Dias foi capaz de fazer nos seus mandatos frente ao governo do estado e tive a oportunidade de contribuir. Agora estamos aqui para fazer a entrega definitiva. Estamos felizes em continuar esse trabalho de ligação dos municípios do Piauí, garantindo trafegabilidade, competitividade, produtividade, conforto e segurança para nosso povo”, pontua Fonteles”.

Em seguida, o governador fez uma visita técnica às obras de restauração dos trechos das PIs 257 e 255, que ligam Curimatá a Parnaguá e Corrente. Ao todo serão 208,15 Km, executados pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER), com valores orçados em R$ 49.806.439,80. Essa rodovia é muito utilizada para transportar equipamentos e insumos, que atendem os diversos setores econômicos da região, assim como, aos moradores das cidades interligadas que usufruem desses trechos para terem acesso aos grandes centros comerciais.

As obras da rodovia também contam com recursos de emenda parlamentar do senador Marcelo Castro.

“São obras muito importantes para o desenvolvimento do Piauí, pois nessa região do estado existem as jazidas de calcário, que são levadas para serem usadas para a melhoria do solo destinado à produção de soja nos cerrados piauienses. A soja é exportada para todo o mundo trazendo divisas, riquezas, gerando emprego e melhoria de vida para a população”, ressalta o senador.

Fonte: CCom
Foto: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *