Conecte-se conosco

Política

Governador diz que China liberou mais insumos para produção de vacinas

Publicado

em

O governador Wellington Dias (PT) afirmou nesta segunda-feira (1) que o governo da China liberou o segundo lote de insumos para que o Instituto Butantan produza mais doses de vacina. Segundo o chefe do Executivo do Piauí, fioram iberados 5,6 mil de insumos

“O Governo da China liberou o segundo lote de 5.600 litros de insumos para que o Instituto Butantan produza mais de de mais 8,7 milhões de doses da Coronavac. Com isso, é possível que haja uma celeridade na ampliação da vacinação no critério da idade e comorbidades”, explica.

O governador ressaltou que 10% da população será vacinada com a liberação de insumos do governo chinês;

“Isso vai permitir atingirmos mais de 10% da população de vacinados até início de março”, destaca o governador.

Audiência com o ministro Pazuello
O governador do Piauí, presidente do Consórcio Nordeste e coordenador da temática Estratégia para vacina contra Covid-19 do Fórum Nacional de Governadores, Wellington Dias solicitou, juntamente com outros governadores, uma audiência com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. O objetivo é tratar sobre o cronograma de entrega de insumos e vacinas contra a Covid-19.
A solicitação da audiência foi documentada pelo Fórum dos Governadores do Brasil e pede ainda a presença do Instituto Butantan e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). “Queremos tratar sobre o processo de vacinação, o cronograma de entrega para que possamos planejar o mês de fevereiro e os seguintes. Todo o grupo de maior risco precisa ser alcançado para conseguirmos reduzir internações e números de óbitos. Paralelamente precisamos articular o social e as atividades econômicas que dependem desse processo de vacinação”, disse o governador.

Orlando Dias
Da Redação

Banca de Jornal

Propaganda