Conecte-se conosco

Política

Governador anuncia concurso para Polícia Militar

Publicado

em

O governador Wellington Dias assinou, nesta segunda-feira (14), a autorização do edital do concurso público para a Polícia Militar do Piauí que prevê o preenchimento de 650 vagas para o Curso de Formação de Soldados PM (CFSD) e 40 vagas para admissão no Curso de Formação de Oficiais PM (CFO). A solenidade foi realizada no Palácio de Karnak. O edital será divulgado em janeiro de 2021.

O certame será realizado pelo Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos (Nucepe) referenciado em estudo de distribuição de efetivo da PM-PI e fundamentado na Lei Nº 5.552, de 23 de março de 2005. A novidade é que a idade máxima para concorrer às vagas foi estendida, passando de 30 para 35 anos.

De acordo com o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Lindomar Castilho, a quantidade de vagas obedece ao critério de a cada mil habitantes, deverá ter pelo menos um policial militar em cada município do Piauí.

“É um reforço que o governo faz de estar repondo nossos quadros para sempre melhorar a atuação da Polícia Militar. Estabelecemos o critério que, para cada grupo de mil habitantes, o município terá pelo menos um policial militar. Foi diante dessa perspectiva que trabalhamos na recomposição dos efetivos do Piauí”, disse o comandante.

O chefe do Executivo estadual destacou que o objetivo do concurso é garantir a oportunidade para a participação de todos, bem como alcançar a meta de um policial para cada mil habitantes.

“Anunciamos o concurso com vagas para soldados e oficiais, com base em lei aprovada pelo parlamento que amplia o tempo de atividade do policial. Ao mesmo tempo, temos a situação, de acordo com regras anteriores, que ele iria para a reserva ainda jovem e estamos trabalhando para que haja a retomada desse profissional. Na área civil, o curso de formação foi concluído de cerca de 59 delegados e 81 agentes civis para, estamos iniciando o cronograma de chamamento. Assim, o objetivo é garantir oportunidade de forma democrática para as pessoas, por meio do concurso público, realizado pela nossa Universidade Estadual e, ao mesmo tempo, garantir ainda uma meta que tenhamos um policial para cada mil habitantes em atividade, trabalhando de forma integrada”, frisou Wellington Dias.

Segundo o secretário de Estado da Segurança Pública, coronel Rubens Pereira, o certame irá reforçar a demanda do estado. “Essas mais de 600 vagas para soldado e as 40 vagas para oficiais, vêm reforçar o efetivo, pois temos uma demanda muito maior. Mas é um planejamento e é o que é possível ao Estado admitir nesse momento, assumir esse compromisso com a sociedade e, é claro, posteriormente, vamos ingressar outros editais”, comentou o gestor.

O deputado federal capitão Fábio Abreu pontuou que a autorização para a realização do concurso público é o atendimento de uma solicitação dos órgãos de segurança pública. Segundo o parlamentar, que foi secretário da segurança, os candidatos aprovados no certame irão somar aos efetivos já existentes.

“Já havíamos feito essa solicitação de abertura de vagas ao governador e hoje é a divulgação oficial. Temos também o início de uma turma 94 policiais militares de turmas remanescentes, que já iniciaram hoje, ou seja, o resultado que tivermos desse concurso, somamos a esses policiais que se formarão no próximo ano. Somando ao efetivo da polícia civil, há um efetivo uma reposição considerável, ainda não é o ideal, mas dependendo das articulações e, principalmente, do comando de cada unidade, irá otimizar com esse pessoal. Então, é um ganho para a Polícia Militar”, relatou Fábio Abreu.

Na oportunidade, Wellington Dias, como presidente do Consórcio Nordeste, ressaltou que está trabalhando juntos aos governadores dos nove estados, a criação da Força de Segurança Nordeste.

“Estamos trabalhando na criação de uma força de segurança Nordeste, a ideia é de trabalhar os estados de forma unificada, assim somos mais fortes no combate à violência e organizações criminosas. A partir daí teremos um plano de um cinturão de segurança para todo o Nordeste, tanto com a presença de recursos humanos como de recursos tecnológicos nas fronteiras terrestres, marinha e nos aeroportos, para combater a entrar de armas e drogas”, disse o gestor estadual.

Fonte: CCOM

Política

Governo prorroga decreto e toque de recolher inicia às 22h no Piauí

Publicado

em

O Governo do Piauí, por meio do Centro de Operações Emergenciais (COE), reuniu-se nesta quarta-feira (3) para tomar novas medidas de contenção da Covid-19, por conta da alta do vírus no estado e da iminência do colapso da rede de saúde.

O governador Wellington Dias (PT) participou da reunião e modificou o horário do toque de recolher durante a semana, que prevalecerá a partir das 22 horas até às 5 horas do dia seguinte.

Com relação ao final de semana, permanece como o decreto vigente, com os lockdowns parciais, com funcionamento apenas dos serviços essenciais. As mudanças começam a valer na sexta-feira (5) e valerão até o dia 15 de março.

“Aprovamos agora ampliar restrições em relação ao que tinha. Ou seja, o que nós estamos apresentando é um decreto prorrogando as medidas que já estavam em vigor e vão continuar até amanhã, a partir das 00 horas de quinta para sexta. A parte do comércio mantém até as 17 horas e restaurantes, bares, shoppings até as 21 horas. Porque a partir de quinta para sexta e até segunda-feira, 5 da manhã, do dia 15 de março, nós teremos o toque de recolher no final de semana e a partir deste final de semana e o outro, no dia 13 e 14, nós vamos ter na semana, o limite que era até 23 horas, agora será às 22 horas”, explicou.

Da Redação

Continue lendo

Política

Deputado propõe a criação do Programa Primeira Empresa no Piauí

Publicado

em

O deputado Georgiano Neto (PSD) apresentou na terça-feira (3) Projeto de Lei que trata sobre a criação do Programa Primeira Empresa no Piauí que prevê beneficiar empreendedores na geração de negócios, principalmente jovens recém formados ou que estejam concluindo cursos de graduação.

A proposição do parlamentar do PSD prevê que a execução do programa será realizada pela Agência de Fomento e Desenvolvimento do Estado do Piauí (Piauí Fomento) que poderá liberar financiamento de até R$ 50 mil aos novos empreendedores com juros de 1,5% ao mês e carência de seis meses que poderá ser revista pelo Conselho Gestor da Piauí Fomento.

Georgiano Neto diz, ao justificar a proposição, que o programa já foi criado em vários Estado com impactos positivos para a sociedade como a abertura de novas empresas, a geração de empregos diretos e indiretos, aumento da oferta de produtos e serviços, bem como o aumento da renda per capita e da melhoria da qualidade de vida dos envolvidos nos projetos de empreendedorismo.

O Projeto de Lei estabelece que o Programa Primeira Empresa será desenvolvido em seis etapas, incluindo o diagnóstico do perfil empreendedor, curso de iniciação ao empreendedorismo, curso de gestão empresarial e oficina de elaboração do Plano de Negócios.

Com informações da Alepi

Continue lendo

Política

Câmara aprova Márcio Allan para presidir a Arsete

Publicado

em

O advogado Márcio Allan teve nesta quarta-feira (3) o nome aprovado pela Câmara Municipal para presidir a Arsete (Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos de Teresina). A aprovação foi por unanimidade.

“Fiquei feliz e agradecido. Quero agradecer a Deus por estar aqui, agradecer ao prefeito Dr. Pessoa por ter me indicado e a esta Casa por ter aprovado nosso nome para compor os quadros da Arsete”, declarou o novo presidente.

O prefeito Dr. Pessoa agora vai assinar decreto de nomeação do novo presidente da Arsete.

“Vamos aguardar as formalidades legais para poder de fato assumir aquela pasta de extrema relevância para a cidade”, explicou.

Da Redação

Continue lendo

Popular