Conecte-se conosco

    Esporte

    Fluminense e Daniel Alves não chegam a um acordo

    Publicado

    em

    Fluminense e Daniel Alves não chegam a um acordo

    Tão perto, tão longe. Daniel Alves não será mais jogador do Fluminense. Após uma semana de negociações e de um acerto bem encaminhado, a contratação não se confirmou. O clube recebeu a contraproposta do lateral-direito de 38 anos na última quarta-feira, fez uma nova oferta em cima e deu prazo de resposta até o final desta quinta. Mas o ala, que estava livre no mercado após rescindir com o São Paulo, não aceitou a última oferta.

    A pressa do Fluminense se deve ao prazo de inscrição no Campeonato Brasileiro. Nesta sexta-feira, termina o período para todos os clubes inscreverem reforços na competição. Além do Tricolor, outros três clubes do Brasil e dois do exterior haviam sinalizado interesse no campeão olímpico. Flamengo e Athletico-PR estavam entre eles.

    Sem tantas condições financeiras para competir com as cifras dos concorrentes mais ricos na disputa pelo lateral, como por exemplo o Flamengo e os clubes do exterior, o Fluminense havia apostado suas fichas em um projeto para seduzir o jogador. Daniel Alves tinha remuneração de R$ 1,5 milhão mensais no São Paulo. Para jogar nas Laranjeiras, ele receberia um pouco menos da metade do seu salário no Morumbi, mas tendo bônus por metas alcançadas.

    om a proximidade de um acerto, vários torcedores do Fluminense chegaram a invadir as redes sociais de Daniel Alves na tarde desta quinta-feira fazendo lobby para a vinda do lateral para Laranjeiras. Mas a “campanha” da torcida não terminou com final feliz para os tricolores. Se o jogador tivesse aceitado, o anúncio oficial seria feito na manhã desta sexta-feira.

    Daniel Alves chegou ao São Paulo em 2019 em uma contratação considerada como uma das maiores do futebol brasileiro. Campeão paulista nesta temporada, o lateral deixou o Morumbi em razão de uma dívida milionária. No acordo de rescisão, o clube se comprometeu a pagar 60 parcelas de R$ 400 mil, totalizando R$ 24 milhões. Se não acertar com nenhum time até esta sexta, só poderá jogar em 2022.

    Fonte: ge.com

    Propaganda
    Clique para comentar

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Banca de Jornal

    Propaganda