Conecte-se conosco

Esporte

Flamengo volta a jogar bem e bate o Coritiba

Publicado

em

Nos embalos do sábado à noite, o Flamengo voltou a jogar bem, venceu o Coritiba por 3 a 1 e dormirá na liderança do Campeonato Brasileiro. A vitória foi a primeira do Rubro-Negro sob o comando de Rogério Ceni, que repetiu a estratégia e o estilo da equipe de Jorge Jesus em 2019. Os gols do jogo foram de Bruno Henrique, Arrascaeta e Renê para o time da casa, e Mattheus descontou para os visitantes.

Com 39 pontos, o novo líder do Brasileirão agora seca o Atlético-MG, que enfrenta o Ceará, no Castelão, amanhã (22), às 16h. O Galo tem um ponto a menos que o Fla, mas com uma vitória a mais, volta à liderança caso empate com o Vozão. Ainda assim, o triunfo após quatro jogos sem vencer é um alento para o Rubro-Negro, que ganha moral para o confronto com o Racing, pelas oitavas de final da Libertadores. O primeiro jogo é na terça-feira, às 21h30, em Avellaneda, casa dos argentinos.

Mais do que a vitória importante na briga pelo título brasileiro, a atuação do Flamengo foi inspiradora e poderia ter acabado facilmente em uma goleada de maior impacto. De longe a melhor e mais organizada na “era Ceni”, a performance também aconteceu pelo péssimo jogo do Coritiba, que briga contra o rebaixamento. Na 18ª colocação, o Coxa tem 20 pontos na tabela e pode terminar a 22ª rodada na penúltima posição caso o Botafogo pontue contra o Fortaleza no Estádio Nilton Santos.

Fonte: Folhapress
Foto: Instagram/Flamengo

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Grêmio chega a São Paulo para final da Copa do Brasil

Publicado

em

Após dois dias de treinos em Atibaia, no interior paulista, o Grêmio desembarcou em São Paulo no começo da tarde deste sábado para a decisão da Copa do Brasil. O Tricolor precisa vencer o Palmeiras neste domingo, às 18h, no Allianz Parque, para conquistar o hexa.

Cinco gremistas estavam ao redor do hotel. Mas o ônibus estacionou na rua ao fundo do local, uma entrada de serviço onde era mais fácil para o veículo parar. Por isso rolou uma pequena movimentação. Profissionais também de estabelecimentos próximos tietaram também Renato.

  • Parabéns pelo seu trabalho, Renato! – gritou um flamenguista.

O elenco está desde quinta longe de Porto Alegre. No período em Atibaia, além de dois treinos, também houve a confirmação da renovação de contrato de Renato Portaluppi até o final do ano.

O técnico Renato Portaluppi admitiu a possibilidade de mudanças na equipe para o jogo deste domingo. Vanderson, Ferreira e até mesmo Lucas Silva ou Thaciano podem aparecer na equipe.

O clube gaúcho viajou a São Paulo com todos os jogadores. Diversos nomes que não estão disponíveis para atuar, como Geromel e Leonardo, machucados, e Luiz Fernando e Pinares, que não estão aptos a jogar a competição, estão com o grupo.

Após perder o jogo de ida por 1 a 0 na Arena, o Tricolor precisa vencer por dois gols de diferença para ser campeão. Uma vitória por um gol leva a decisão para os pênaltis. Grêmio e Palmeiras se enfrentam às 18h deste domingo, no Allianz Parque, pelo duelo da volta da final da Copa do Brasil.

Fonte: globo.com

Continue lendo

Esporte

Abel vê Palmeiras mais maduro para final da Copa do Brasil

Publicado

em

Abel Ferreira busca neste domingo (7) conquistar o segundo título de sua carreira como técnico e o segundo pelo Palmeiras. Vencedor da Copa Libertadores com o Verdão há mais de um mês, o técnico português vê a equipe mais madura para o confronto com o Grêmio, pela decisão da Copa do Brasil, no Allianz Parque. Na ida, o Palmeiras venceu por 1 a 0.

“Temos a vantagem, porque foi esta nossa intenção. Era sacar de lá um bom resultado. Já aconteceu em jogos na Libertadores e na Copa. Temos a experiência de termos ganho um Paulistão e uma Libertadores. Aprendemos no Mundial. Usamos toda a experiência a nosso favor, para amanhã quando começar o jogo conseguirmos levantar mais um troféu”, afirmou.

Durante as conversas na Academia de Futebol, alguns percalços vividos em mata-matas recentes foram lembrados, como a eliminação para o próprio Grêmio na Copa Libertadores de 2019, e a sofrida classificação diante do River Plate (ARG), na edição em que foi campeão. Abel, porém, prefere pensar mais nas eliminatórias em que se deu melhor.

“Eu prefiro olhar o que fizemos contra o Libertad, que tivemos um bom resultado fora [empate] e finalizamos em casa. É preciso estar muito focado para estar constantemente em uma decisão. Temos de usar esta imagem na cabeça para perceber que o segredo do futebol é muito simples. Para quem joga e é profissional só preparamos o futuro no presente e o passado é museu. Temos de desde o início ter a cabeça em paz para com a bola ter a calma necessária para atacar nos lugares certos. E quando não, sermos altamente competitivos”, explicou.

“Nossas intenções não mudam. Queremos competir sempre para vencer. No Brasileirão tivemos equipes melhores que nós. Ganhamos o Paulistão, disputamos o Mundial com quatro grandes equipes e não tivemos a capacidade de ganhar. Na Libertadores é preciso sofrer. Não fomos os únicos que sofreram para ganhar a Libertadores. A mesma coisa na Copa [do Brasil]. Tivemos que eliminar adversários como o América-MG, que tirou grandes equipes da primeira liga, em que muita gente sub-valorizou o adversário. Hoje em dia não há jogos fáceis, seja contra quem for. Temos uma responsabilidade individual e coletiva. Seja contra quem for, temos de jogar para vencer”, completou.

fonte: Folhapress

Continue lendo

Esporte

Vasco perde na estreia do Carioca

Publicado

em

A primeira derrota de um grande neste Campeonato Carioca. O Vasco estreou com derrota para a Portuguesa por 1 a 0, apenas a quinta vez que isso acontece na história. A vitória do time da Ilha do Governador não foi simples, mas o resultado tem relação com o fato de que o time dos donos da casa era formado principalmente por garotos.

O Vasco estreou no Campeonato Carioca com a garotada e ainda no primeiro tempo viu a estratégia não dar certo. O time foi pressionado pela Portuguesa desde o início e sofreu para construir as jogadas em São Januário. Desatento na bola aérea, foi justamente assim que a equipe comandada por Siston viu a Portuguesa chegar com mais perigo e abrir o placar. Aos 31, Dilsinho aproveitou a segunda oportunidade que teve em cobrança de escanteio e abriu o placar.

Os minutos iniciais foram completamente diferentes. Com três mudanças realizadas por Siston no intervalo (entradas de Lucas Figueiredo, Galarza e Laranjeira), o Vasco foi muito mais intenso. A equipe conseguiu criar mais e melhores oportunidades, mas a falta de experiência cobrou o seu preço e fez com que os garotos não conseguissem converter as chances em gol.

Fonte: globo.com

Continue lendo

Popular