O Flamengo venceu o Goiás por 2 a 0 no Maracanã com tranquilidade, saiu da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro e quebrou uma sequência de três derrotas seguidas no torneio. Pedro abriu a contagem nos primeiros minutos e se machucou logo depois, enquanto Éverton Ribeiro completou o placar com um golaço na 2ª etapa.

O resultado deixou o time de Jorge Sampaoli com seis pontos e, provisoriamente, na 12ª posição da tabela. Os goianos, por outro lado, estacionaram com três pontos e amargaram o 18° lugar.

O 1° tempo ficou marcado pelo gol — e pela lesão — de Pedro. O atacante fez de pênalti aos cinco minutos, mas precisou deixar o gramado porque se machucou justamente na própria cobrança. Depois disso, o Flamengo controlou a partida, mas não caprichou e desperdiçou a chance de aumentar a vantagem.

Na metade final do duelo, Éverton Ribeiro marcou um golaço de letra e encaminhou a vitória. Os cariocas ainda tiveram várias oportunidades para aumentar, mas pecaram na última bola.

Os times voltam a campo no fim de semana. O Flamengo encara, no sábado (13), o Bahia fora de casa, enquanto o Goiás recebe o Botafogo no dia seguinte.

Gols e destaques
Pênalti e placar aberto. Os mandantes iniciaram pressionando e conseguiram um pênalti aos cinco minutos, quando Ayrton Lucas recebeu de Cebolinha e foi derrubado por Edu já na linha de fundo e dentro da área. Pedro, com categoria, deslocou Marcelo Rangel e converteu: 1 a 0.

Gol custa caro, e Pedro é substituído. Assim que balançou as redes, o atacante sentiu dores na virilha assim que saiu para comemorar e preocupou a torcida. Ele recebeu atendimento e até voltou ao gramado, mas pediu substituição e deu lugar a Bruno Henrique.

Fla comanda ações até o intervalo. O Goiás até tentou sair para o ataque, mas viu o adversário controlar totalmente o ritmo de jogo e precisou da atuação de Marcelo Rangel para evitar o pior: o goleiro, em chute cruzado de Cebolinha, fez boa defesa. Éverton Ribeiro e Arrascaeta também tiveram chances, mas não aproveitaram.

Éverton Ribeiro, de letra, amplia. O 2° tempo começou na mesma toada dos primeiros 45 minutos: com o Flamengo em cima do adversário… e a história se repetiu: aos três minutos, Cebolinha recebeu na ponta esquerda, bateu para o meio da área e viu Éverton Ribeiro fazer um golaço de letra: 2 a 0.

Mudanças e mais chances perdidas. Com a vantagem no placar, Sampaoli fez três mudanças de uma vez e colocou Vidal, Matheus França e David Luiz em campo. Em meio às substituições, Cebolinha viu o zagueiro Edu travar na hora certa para evitar o terceiro, e Arrascaeta acertou a rede pelo lado de fora antes do apito final — o goleiro Matheus Cunha, que substituiu Santos, precisou trabalhar nos minutos finais.

Fonte: Folhapress
Foto: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *