O Flamengo venceu o Santos por 3 a 2, neste domingo (25), na Vila Belmiro sem público, e assumiu a terceira colocação do Campeonato Brasileiro. O jogo foi válido pela 12ª rodada.

O Flamengo teve a volta de Gabigol, que fez jogo discreto. O camisa 10 se recuperou de lesão muscular e atuou até os 39 minutos do segundo tempo.

O segundo tempo foi elétrico, com três gols em um intervalo de 12 minutos. Everton Ribeiro e Pulgar marcaram para o Flamengo, enquanto Fernández fez para o Santos.

O resultado colocou o Flamengo na terceira colocação. O clube ultrapassou o Palmeiras pelo número de vitórias e segue com oito pontos a menos do que o líder Botafogo.

Já o Santos estacionou nos 13 pontos e o Paulo Turra não estreou. O novo treinador acompanhou a partida em uma das tribunas da Vila Belmiro. O Santos é o 13º colocado.

O Flamengo volta a campo na quarta-feira, às 21h30, pela última rodada da fase de grupos da Libertadores. Já o Santos recebe o Blooming no mesmo dia, às 19h, pela Sul-Americana.

Como foi o jogo
O Flamengo controlou o jogo, e Cebolinha mandou no cantinho para abrir o placar. Mesmo fora de casa, o Rubro-Negro manteve a posse de bola e pressionou o Santos desde o início do jogo. Everton Cebolinha transformou a superioridade em gol.

Santos buscou subidas em velocidade, e deixou tudo igual. Com o Flamengo ditando o ritmo do jogo e ficando mais com a bola, coube ao Santos tentar escapadas em velocidade, e Mendoza não desperdiçou.

O Alvinegro tentou equilibrar a partida, viu Everton Ribeiro marca e buscou novamente o empate. O Santos voltou para o segundo tempo buscando ficar mais com a bola, viu o meia do Fla fazer o segundo, e buscou o empate apenas três minutos mais tarde.

Flamengo voltou a pressionar, e contou com a boa pontaria de Pulgar para movimentar o placar. O meio-campista finalizou na grande área para fazer o terceiro gol do segundo tempo em um intervalo de 12 minutos.

Santos subiu a marcação, buscou velocidade, e jogou ficou aberto. Novamente atrás no marcador, os donos da casa apertaram a marcação desde a saída de bola do Flamengo, em busca de roubadas de bola para partidas em velocidade. Do outro lado, o Flamengo procurou a posse de bola, com arrancadas, especialmente pelos lados do campo, para sacramentar a vitória. A defesa santista, porém, foi mais efetiva.

Fonte: Folhapress
Foto: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *