Conecte-se conosco

    Internacional

    Fim da guerra não será imediato, diz ONU

    Publicado

    em

    Fim da guerra não será imediato, diz ONU

    A guerra na Ucrânia não durará para sempre, mas seu fim também não será imediato. Este é o prognóstico da Organização das Nações Unidas sobre a invasão da Rússia ao país vizinho.

    “Esta guerra não vai durar para sempre. Vai chegar um momento em que haverá negociações de paz. Mas isso não será em um futuro imediato”, afirmou o secretário-geral da ONU, Antonio Guterres nesta quarta-feira (11), em Viena na Áustria.

    O serviço de espionagem do governo dos Estados Unidos fez na terça-feira (10) uma avalição parecida. Segundo a diretora de Inteligência Nacional dos EUA, Avril Haines, a Rússia se prepara para uma guerra de longa duração na Ucrânia.

    A avaliação é que o presidente russo, Vladimir Putin, readaptou os planos após o desempenho de suas tropas na Ucrânia ser mais lento do que esperava e por conta do apoio militar do Ocidente a Kiev.

    Atualmente, Moscou desviou o foco dos ataques, que estavam se concentrando apenas no leste do país, após a Rússia desistir de conquistar Kiev, no mês passado. Agora, além da região do Donbass, no leste, as tropas russas atacam também cidades que estão servindo como base para estocar armamento recebido pela União Europeia e os Estados Unidos.

    É o caso da cidade de Odessa, um balneário do outro lado do país, no oeste, onde o Kremlin afirma que tem atacado áreas militares e depósitos de armas. Nesta semana, o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, que visitava a cidade, teve que se esconder em um bunker após sirenes que alertam para ataques soarem.

    Fonte: globo.com

    Propaganda
    Clique para comentar

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Propaganda

    Banca de Jornal

    Propaganda

    Popular