O ex-deputado federal David Miranda morreu hoje aos 37 anos. A informação foi confirmada pelo jornalista Glenn Greenwald, marido dele, no Twitter.

A morte ocorre após Miranda passar nove meses internado em UTI, disse Greenwald. “Ele morreu em paz, cercado de nossos filhos, família e amigos”, afirmou o jornalista.

O ex-deputado completaria 38 anos amanhã. A causa da morte não foi informada.

No dia 6 de agosto de 2022, Miranda foi encaminhado ao hospital com fortes dores abdominais, posteriormente diagnosticadas como um quadro de infecção gastrointestinal que se tornou generalizado.

Ele estava na UTI da Clínica São Vicente, no Rio de Janeiro, desde então.

Em setembro, a Justiça Eleitoral homologou a renúncia à candidatura de Miranda, após a família do parlamentar anunciar a desistência da disputa em razão da internação. Ele seria candidato à reeleição para a Câmara dos Deputados;

Em dezembro, a Câmara determinou a criação de uma junta médica para avaliar o estado de saúde do deputado.

Em março, Greenwald afirmou que o marido estava acordado e conversando em seu leito. À época, o jornalista escreveu nas redes sociais que Miranda estava “quase sempre completamente acordado, comunicativo, alerta, atento, interativo e cada vez mais forte”.

Fonte: Folhapress
Foto: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *