O ex-delegado da Polícia Civil, Wendell Reis, foi preso nesta terça-feira (6) em cumprimento de mandado de prisão expedido pelo juiz do Tribunal do Júri, Antônio Nolleto.

O ex-delegado foi condenado a 12 anos por homicídio contra Ricardo Seabra, no ano de 2003, em Teresina

O delegado da Polícia Civil Marcelo Leal, disse que o ex-delegado Wendell Reis será encaminhado para audiência de custódia do Fórum Criminal do Tribunal de Justiça (TJ) do Piauí.

Wendell Reis foi preso em sua residência no bairro Morros, na zona Leste de Teresina.

Relembre o caso
O ex-delegado foi condenado por matar com um tiro o vendedor autônomo Ricardo Seabra em um bar em setembro de 2003. Quando foi realizado o julgamento pelo Tribunal do Júri, em 20 de abril de 2009, a defesa alegou que o ex-delegado bebeu uísque em uma boate e deixou um amigo em um trailler. Ao encontrar o vendedor autônomo Ricardo Seabra, brincou com a arma e disse “Polícia, amigo: Pare!”. Wendell disparou e acertou a barriga de Ricardo Seabra.

Da Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *