O arcebispo de Teresina, Dom Juarez Marques, receberá nesta quinta-feira (29) o Pálio Arquiepiscopal das mãos do Santo Padre, o Papa Francisco, durante a Santa Missa Solene de São Pedro e São Paulo na Basílica de São Pedro, no Vaticano. A tradicional celebração está marcada para acontecer às 9h30 (horário local – 4h30, em Brasília) e será concelebrada pelos novos arcebispos metropolitanos de todo o mundo, nomeados pelo Pontífice ao longo do ano.

O pálio arquiepiscopal é um paramento litúrgico próprio dos arcebispos, usado em um sinal de comunhão com o sucessor de Pedro, o Papa. Trata-se de uma faixa de lã branca com seis cruzes pretas de seda, confeccionada segundo uma antiga tradição da Igreja, e que simboliza as ovelhas que o bispo, tal como o Bom Pastor, deve carregar sobre os seus ombros.

De acordo com as normas da Igreja, a vestimenta litúrgica deve ser usada pelos arcebispos nos momentos solenes da vida da Arquidiocese ou da sua Província Eclesiástica. O arcebispo de Teresina, nomeado no último dia 4 de janeiro explica o modo como a vestimenta é utilizada.

“Dentro do nosso estado, onde eu for poderei fazer o uso do Pálio, já que sou o metropolita de toda esta área. Mas, a partir do momento que eu for para outra arquidiocese não posso mais usá-lo. Aqui no Piauí, por exemplo, somos uma província eclesiástica com oito dioceses e somente aqui eu vou poder utilizar esta insígnia”, pontuou Dom Juarez.

Do Brasil, além do arcebispo de Teresina, também estará presente o arcebispo de Montes Claros, do estado de Minas Gerais, Dom José Carlos de Souza Campos, e Dom Paulo Jackson Nóbrega, arcebispo de Olinda e Recife (PE). O governador do Piauí, Rafael Fonteles, também participará da celebração solene acompanhado de uma comitiva do estado.

Primeiro piauiense a assumir a sede metropolitana da Igreja Católica no Piauí, Dom Juarez Marques fala da sua alegria em vivenciar este momento histórico.

“Para nós, muito mais que um distintivo, o pálio representa a grande responsabilidade que assumimos ao sermos nomeados para presidir na fé a Igreja de Teresina. Por isso vou à Roma com muita alegria e expectativa, pedindo ao Senhor que me oriente e conduza sempre, para cuidar com amor e sabedoria do rebanho que Ele me confiou”, finalizou o arcebispo.

A Rádio Pioneira de Teresina (88.7 FM) e o Vatican News transmitirão a cerimônia ao vivo, com comentários em português, no horário de Brasília (4h30).

Governador Rafael Fonteles e Fábio Novo acompanham Dom Juarez na solenidade no Vaticano

Imposição do Pálio
Antes, a entrega e a imposição do pálio aconteciam durante a celebração presidida pelo Papa no dia 29 de junho. Atualmente, após uma alteração no rito que buscou valorizar a participação dos fiéis da própria região do arcebispo, os pálios são abençoados durante a solenidade, mas são entregues na própria Arquidiocese com a presença do Núncio Apostólico, representante diplomático do Papa em cada país.

Dom Juarez Marques retorna para a Arquidiocese de Teresina trazendo a insígnia, e no dia 15 de setembro o Núncio Apostólico, Dom Giambattista Diquattro, preside a celebração de imposição do pálio na Catedral Metropolitana de Nossa Senhora das Dores.

Fonte: Diariopiaui.com/Com informações da Arquidiocese de Teresina
Foto: Arquivo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *