O presidente Jair Bolsonaro (PL) disse que “dispensa apoio de quem pratica violência contra opositores”. A declaração do chefe do Executivo foi publicada em seu perfil no Twitter na noite deste domingo (10).

Sem citar nomes, o Bolsonaro afirmou que “esse tipo de gente, peço que por coerência mude de lado e apoie a esquerda, que acumula um histórico inegável de episódios violentos”.

A publicação ocorreu depois que policial penal federal Jorge José da Rocha Guaranho assassinou a tiros o guarda municipal Marcelo Aloizio de Arruda, em Foz do Iguaçu (PR).

Jorge invadiu a festa de aniversário de 50 anos de Marcelo, que reagiu. O policial penal federal está internado sob custódia da Polícia Militar do Paraná.

O presidente escreveu também que a esquerda “dá facada, que cospe, que destrói patrimônio, que solta rojão em cinegrafista, que protege terroristas internacionais, que desumaniza pessoas com rótulos e pede fogo nelas”.

Fonte: www.poder360.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *