Os policiais do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prenderam nesta segunda-feira (13) três homens suspeitos de participar no envolvimento da morte da estudante de medicina, Flávia Cristina Wanzeler Sampaio, de 23 anos, durante uma tentativa de assalto na avenida Homero Castelo, zona Leste de Teresina, na tarde de domingo (12).

O DHPP informou que um menor de idade foi apreendido sob suspeita de envolvimento no roubo do veículo Renaul Kwid azul, que foi utilizado por criminosos que assassinaram a jovem. Os quatro detidos foram levados até a sede do DHPP e estão sendo ouvidos pelo delegado Bruno Ursulino.

Carro encontrado
O carro utilizado por criminosos na tentativa de assalto que terminou na morte da estudante de Medicina, Flávia Cristina Wanzeler Sampaio, de 23 anos, nesse domingo (12), foi encontrado abandonado nesta segunda-feira (13).

O carro, um Renault Kwid, de cor azul, foi encontrado na Rua Pelicano, no bairro Santa Luzia, próximo ao Motel Xanadu, na zona sul de Teresina, por policiais da Rocam. Um chaveiro foi acionado para abrir o carro.

Morte de estudante
Os criminosos abordaram o veículo do casal, um Nissan Kicks, na Avenida Homero Castelo Branco, entre as ruas Alecrim e Tomaz Tajra, e anunciaram o assalto. O namorado da estudante tentou dar a ré no veículo e acabou batendo o carro no portão de uma construção, quando um dos criminosos efetuou o disparo que atingiu o ombro de Flávia e entrou no coração.

Velório
O velório de Flávia Cristina está ocorrendo na Funerária Pax União. A saída para o sepultamento será às 10h no Cemitério Jardim da Ressureição.

Da Redação
Foto: Arquivo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *