A Secretaria Estadual de Segurança Pública, por meio Departamento de Homicídio de Proteção às Pessoas (DHPP), prendeu neste sábado (18) três acusados de matar o estudante de Direito e empresário João Pedro Lima Teixeira, de 22 anos, no final da tarde da última sexta-feira (17), após uma tentativa de assalto na Vila Samaritana, zona Leste de Teresina.

Victor Daniel Moraes Silva, de 20 anos, no Vale Quem Tem, na zona Leste da capital, é acusado de ser autor do homicídio. Desde o ano de 2020, o preso possui oito passagens pela polícia pelos crimes de roubo, receptação, porte ilegal de armas e latrocínio.

O segundo preso foi Anderson Monteiro Silva, de 21 anos, que é acusado de ser o receptador dos objetos roubados que estavam de posse da dupla executora.

O terceiro envolvido Ronald Frota Oliveira, acusado de apoio à dupla, facilitou a fuga dos indivíduos após a execução.

De acordo com o DHPP, foram apreendidos os telefones celulares roubados de várias vítimas e armas de fogo.

Conforme o DHPP, as diligências continuam para localizar o piloto da moto, identificado como D.S.B, 27 anos, que estava preso no Presídio José Ribamar Leite e atualmente estava em liberdade condicional.

A Diretoria Geral de Operação da PMPI, apoiada pelas equipes das especialidades BEPI e BOPE. Além das inteligência do DRACO da PCPI e do DINTE, inteligência da Polícia Militar.

Com informações da Ascom
Foto: Reprodução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *