Conecte-se conosco

    Cotidiano

    Covid: Setembro foi o mês com menor registro de mortes no Piauí

    Publicado

    em

    Covid: Setembro foi o mês com menor registro de mortes no Piauí

    O estado do Piauí registrou o menor número de mortes por Covid-19, em 2021, no mês de setembro. Este também foi o período com o registro mais baixo de casos da doença. Os dados são do Painel Epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi).

    Nos últimos quatro meses do ano, o estado também contabilizou a média de mortes por mês abaixo de cem óbitos. Foram 64 vítimas em setembro, 89 no mês de outubro, 96 em novembro e até o dia 12 de dezembro foram notificadas 30 mortes pela Covid-19. O nono mês do ano foi o que também notificou a mais baixa taxa de casos com 2.711.

    A média das últimas semanas ficou em dois óbitos por dia, no estado do Piauí. O superintendente de Atenção à Saúde e Municípios, Herlon Guimarães, explica que a vacina foi um dos grandes fatores responsáveis pela redução das mortes. “Queremos pedir à população que continue se vacinando, pois estudos comprovam que as vacinas possuem relação com a queda dessas mortes. Por isso não deixe de procurar os posto de vacinação para ficar em dia com sua vacina contra a Covid-19”, lembra.

    O mês que mais contabilizou mortes foi abril, registrando 1.087 vítimas da Covid-19. No mesmo período, a maior notificação de casos também ocorreu, tendo 34.237 pessoas infectadas pelo coronavírus.

    Para que o estado possa controlar de vez a pandemia da Covid-19, o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, alerta à população sobre a necessidade de completar o ciclo de vacinação e de manter os cuidados sanitários de prevenção da doença. “Nós só vamos conseguir enfrentar este vírus com a ajuda de todos e neste momento nossa maior arma é a vacinação. Por isso pedimos que todos tomem as doses necessárias para sua imunização completa e que faça o reforço quando chegar sua vez, além de continuar as medidas sanitárias como uso de máscara”, ressalta o gestor.

    Fonte: CCom

    Propaganda
    Clique para comentar

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Banca de Jornal

    Propaganda