Conecte-se conosco

Cidades

Covid-19: Sesapi registra mais de 1000 casos positivos e 11 mortes em 24h

Publicado

em

Covid-19: Sesapi registra mais de 1000 casos positivos e 11 mortes em 24h

Foram registrados, no Piauí, 1.052 casos confirmados e 11 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas. Hoje, também foram confirmados mais 14 óbitos acumulados de períodos anteriores e que estavam em investigação epidemiológica, segundo os dados divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde, na noite desta terça-feira (22/06).

Dos 1.052 confirmados da doença 577 são mulheres e 475 são homens, com idades entre um a 94 anos.

Três mulheres e oito homens foram vítimas da Covid-19. Elas eram de Água Branca (62 anos), Floriano (70 anos) e Palmeira do Piauí (50 anos). Os do sexo masculino eram de Curimatá (54 anos), Inhuma (84 e 92 anos), Manoel Emídio (82 anos), Monsenhor Hipólito (80 anos), Monte Alegre do Piauí (85 anos) e Teresina (71 e 86 anos).

Dos óbitos acumulados os nove homens eram de Bom Jesus (77 anos), Piracuruca (67 anos), Piripiri (49 anos) e Teresina ( 46 anos ,54, 59, 62, 64 e 65 anos). Já as cinco mulheres eram das cidades de Joaquim Pires (55 anos) e Teresina (47, 59 e duas de 78 anos).

Os casos confirmados no estado somam 292.045 distribuídos em todos os municípios piauienses. Já os óbitos pelo novo coronavírus chegam a 6.442 e foram registrados em 222 municípios.

Dos leitos existentes na rede de saúde do Piauí para atendimento à Covid-19, há 726 ocupados, sendo 417 leitos clínicos, 294 UTIs e 15 em leitos de estabilização. As altas acumuladas somam 19.062 até o dia 22 de junho de 2021.

A Sesapi estima que 284.877 pessoas já estão recuperadas ou seguem em acompanhamento (casos registradas nos últimos 14 dias) que não necessitaram de internação ou evoluíram para morte.

Covid-19: Sesapi registra mais de 1000 casos positivos e 11 mortes em 24h

Da Redação

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Banca de Jornal

Propaganda