O Coritiba bateu o Goiás por 2 a 1 na noite desta segunda-feira, pela 13ª rodada, e conquistou a primeira vitória no Brasileirão. Com postura bem diferente de outros jogos, o Coxa mostrou reação após a saída do técnico Antônio Carlos Zago e, sob comando do interino Thiago Kosloski, encerrou o longo jejum que já durava quatro meses. Os gols foram marcados por Alef Manga e Kuscevic, ambos na etapa inicial. No segundo tempo, Dodô descontou para o Esmeraldino, que decepcionou em plena Serrinha, sua casa, e sofreu a segunda derrota consecutiva no torneio.

Apesar da vitória, o Coritiba segue na lanterna, mas agora com sete pontos. O Goiás é 17º colocado com 11 e amarga o fato de ter desperdiçado a chance de sair do Z-4. O Coxa volta a campo no sábado, quando recebe o América-MG, às 18h30, no Couto Pereira. O Esmeraldino visita o Santos, domingo, às 11h, na Vila Belmiro.

Coxa se impõe
Nem parecia o lanterna do campeonato. Mesmo jogando fora de seus domínios, o Coritiba não se intimidou e mostrou ousadia para abrir 2 a 0 logo no primeiro tempo. O time paranaense também contou com falhas de Tadeu nos dois gols. O primeiro saiu dos pés de Alef Manga, que foi lançado e se livrou do goleiro e da marcação para marcar. No segundo, Kuscevic cabeceou esquisito, mas conseguiu vencer o arqueiro esmeraldino com uma bola que era defensável. Os donos da casa, por sua vez, levaram perigo quase que apenas em chute de Matheusinho que passou rente à trave.

Esmeraldino esboça reação
O segundo tempo foi tenso e de resposta do Goiás. A equipe goiana marcou com Dodô, aos 23, e passou a pressionar. O Esmeraldino lutou até o final para empatar e teve chances com Philippe Costa e Apodi, mas ambos pararam no goleiro Gabriel, que salvou o Coritiba. O Coxa se fechou atrás, abriu mão de se arriscar e segurou a vitória de 2 a 1 até o apito derradeiro do árbitro.

Da Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *