Conecte-se conosco

    Artigos

    Considerações sobre ética e responsabilidade

    Publicado

    em

    Ética e Responsabilidade são dois termos fora de uso? Não. Não mesmo! Os leitores e ouvintes são responsáveis e eticamente adultos sobre escolhas; censurar é algo impensável. A Censura há meios de comunicação social é algo abominável. E censura prévia? Chega ao absurdo. A Rede Jovem Pan desde a última segunda-feira está vivendo momentos difíceis e não sob a ótica de audiência ou credibilidade; pelo contrário, sob censura prévia sua audiência aumentou relevantemente. O que são conceitos éticos? O que é ter responsabilidade? É fácil pegar conceitos vocabulares em dicionários; difícil mesmo é não descolar conceitos ao que diz respeito a posicionamentos de vida. A noção que temos é que ética e responsabilidade em meio a fatos e acontecimentos se tornou algo apenas levando em conta a conveniência necessária e momentânea? Aristóteles se mexe e remexe-se a cada dia em seu túmulo? Ética e Responsabilidade são “conceitos” de coletividade!!

    Qual outro contexto bem propício a análise existencial quanto a posicionamentos? Disputas políticas. Tem gente que é capaz de colocar em jogo toda a sua trajetória de vida apenas pela esperança de conseguir cargos e vantagens inescrupulosas? Julgue você mesmo observando em volta todos aqueles que em período eleitoral deixa de lado até mesmo o conceito ético e de responsabilidades. Mas somente a Deus cabem julgamentos? Inácio de Loyola é muito pragmático em relação a fatos e acontecimentos (Faça sua parte, Deus sempre faz a dele), procure deixar alocuções espirituais em “campos” que os seres humanos devem realmente fazer a sua parte. Considerações sobre ética e responsabilidade são mais visíveis em disputas políticas. Sabe aqueles “sacerdotes” que você admira e em momentos políticos toma posições que você nunca imaginou? Isso revela os seus conceitos íntimos sobre Ética e Responsabilidade. Mas “sacerdotes” também possuem interesses?

    EXISTE interesse maior e mais benéfico do que a correspondência coletiva? De acordo com Alexsandro M. Medeiros a filosofia aristotélica constitui uma visão sistemática e integrada do conhecimento, com a valorização da ciência empírica, da ética e da política. Aristóteles divide o conhecimento da seguinte forma: prático (práxis), produtivo (poiesis) e teórico. O conhecimento prático abrange principalmente o estudo da ética e da política. A ética é um saber prático e pressupõe três elementos fundamentais da filosofia aristotélica: o uso correto da razão, a boa conduta (eupraxia) e a felicidade (eudaimonia). Mas e quem não conhece Aristóteles? Procure conhecer, gaste um pouco do seu tempo procurando melhor posicionamento coletivo perante fatos e acontecimentos políticos!

    Aristóteles desenvolveu uma reflexão ética perguntando-se sobre o fim último do ser humano. Para o quê tendemos? E respondeu: para a felicidade. Todos nós buscamos a felicidade. E o que Aristóteles entende por felicidade? Uma atividade conforme a razão – realização do que há de mais característico do ser humano – e a virtude (ARISTÓTELES, 1987, Livro I). “A felicidade é, para Aristóteles, a atividade da alma segundo sua virtude (excelência). E tal virtude, ou excelência, reside na sua atividade racional” (FERRAZ, 2014, p. 43). Em suma, escolher alguém pra tomar decisões sobre o contexto coletivo é algo realmente muito sério. Ética e Responsabilidade não são conceitos abstratos e desconectados da vida “real. Mas apenas a minha decisão não mudará nada? Mudará SIM!

    Considerações sobre ética e responsabilidade

    Por Josenildo Melo

    Propaganda
    Clique para comentar

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Propaganda

    Banca de Jornal

    Propaganda

    Popular