O concurso do Corpo de Bombeiros Militar do Piauí aconteceu neste domingo (4), e registrou uma abstenção de 13,6%. Dos 4.038 inscritos, 550 faltaram a aplicação da prova, segundo informações da Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos da Uespi (Nucepe).

As provas iniciaram às 8h30 e encerrou às 13h30. Equipes da polícia civil, militar e bombeiros acompanharam a movimentação do certame dentro e nos arredores dos locais das provas, que aconteceram dentro da normalidade, sem nenhuma intercorrência.

Ao todo serão 400 vagas ofertadas pela corporação, sendo que 200 vagas serão preenchidas imediatamente e outras 200 devem ser preenchidas até o ano que vem. A remuneração inicial é de R$ 3.817,73, além de vantagens por desempenho.

“ A nossa expectativa é positiva pois iremos dobrar o número da corporação. É o maior concurso dos Bombeiros na história do estado”, explicou o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel José Rêgo Araújo.

Nessa primeira etapa, foi realizada a prova com conhecimento básicos em português, matemática, informática e conhecimentos gerais e regionais; e específicos em legislação e noções de Direito; além de uma redação. Depois os candidatos aprovados deverão passar outras etapas referentes ao exame de saúde, exame físico, avaliação psicológica e investigação social.

“O concurso aconteceu dentro da normalidade, com todo apoio da policiais civil e militar, a Nucepe realizou o certame de forma tranquila”, finalizou o reitor da Universidade Estadual do Piauí (Uespi), Evandro Alberto.

Com informações da Ascom
Foto: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *