Prefeitura de Pedro II, no Norte do Piauí, decretou nesta sexta-feira (24) situação de emergência em razão das fortes chuvas que afetam o município e as consequentes enxurradas nas zonas urbana e rural. A prefeita Betinha Brandão convocou a equipe gestora e vereadores de Pedro I e apresentou os relatórios da Comissão Municipal de Defesa Civil e assinou o decreto de emergência, que foi aprovado pelos vereadores presentes.

De acordo com a prefeita Betinha Brandão, a medida irá garantir mais agilidade da Prefeitura nas ações emergenciais de auxílio à população e prestar assistência às famílias atingidas.

“Assinei decreto declarando situação de emergência em Pedro II em decorrência das fortes chuvas dos últimos dias, que causaram danos a várias comunidades. Com apoio da Defesa Civil, vamos prestar todo o auxílio necessário às famílias afetadas. Vamos cuidar de todos”, enfatiza a prefeita.

Para o coordenador da Defesa Civil, Marcelo Benigno Braga, a situação de enxurradas que atinge todas as áreas do Município ocasionou o rompimento de estradas, dificultando o abastecimento de várias famílias, bem como o isolamento de comunidades.

“Essas famílias têm sofrido as consequências das fortes chuvas, com a necessidade de deslocamento em estradas na zona rural, bem como de assistência por parte das secretarias municipais em ações de assistência social, educação, saúde e infraestrutura”, diz.

Pedro II sofre com enxurradas nos meses de fevereiro e março de 2023 que causam prejuízos na zona urbana e rural, cortando estradas, ruas e isolando comunidades rurais, despejos e prejuízos para os munícipes. A situação também já causou descontinuidade de alguns serviços públicos, como transporte escolares, serviços de atenção à saúde e de assistência social.

Com informações da Ascom
Foto: Reprodução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *