Conecte-se conosco

    Cidades

    Caso Izadora Mourão: Justiça determina a soltura do jornalista João Paulo

    Publicado

    em

    Caso Izadora Mourão: Justiça determina a soltura do jornalista João Paulo

    A  Comarca de Pedro II expediu nesta quinta-feira (17) o alvará de soltura do jornalista João Paulo Santos Mourão, absolvido pelo Tribunal do Júri  pela morte da advogada Izadora Mourão em fevereiro de 2021 em Pedro II (205 km de Teresina).

    João Paulo estava preso na Cadeia Pública de Altos desde fevereiro de 2021, após investigações apontarem um suposto envolvimento dele no assassinato da irmã.

    O jornalista João Paulo acabou absolvido da acusação de ter matado a irmã após membros do conselho de sentença entenderam que ele não teve participação no crime.

    Relembre o caso
    A advogada Izadora Santos Mourão, de 41 anos, foi morta com golpes de faca no dia 13 de fevereiro de 2021, em Pedro II.

    Inicialmente, a família apresentou a versão de que o crime teria sido cometido por uma mulher que foi até a residência onde Izadora estava para cobrar uma dívida.

    Dois dias após o crime, o irmão de Izadora, João Paulo Mourão, foi preso acusado de ter participado do crime.

    Da Redação

    Propaganda
    Clique para comentar

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Propaganda

    Banca de Jornal

    Propaganda

    Popular