Conecte-se conosco

    Economia

    Bovespa cai mais de 2% e fecha na pior pontuação do ano

    Publicado

    em

    Bovespa cai mais de 2% e fecha na pior pontuação do ano

    O principal índice de ações da bolsa de valores de São Paulo, a B3, fechou em forte queda nesta segunda-feira (20), na pontuação mínima do ano, em dia de fortes perdas no mercado externo com a expectativa de calote no mercado imobiliário chinês, e à espera das decisões sobre juros aqui e nos EUA, na quarta-feira (22).

    O Ibovespa recuou 2,33%, a 108.844 pontos. Veja mais cotações.

    Na sexta-feira (17), a bolsa fechou em queda de 2,07%, a 111.439 pontos, acumulando baixa de 2,49% na semana. Com o resultado de hoje, a parcial do mês acumula perda de 8,37%. No ano, o recuo é de 8,55%.

    Na melhor marca do ano, no dia 7 de junho, o Ibovespa chegou a atingir 130.776 pontos. Já o pior nível havia sido registrado em 26 de fevereiro, quando a bolsa fechou aos 110.035 mil pontos.

    A pior marca intradia do ano continua sendo do dia 2 de março (107.319 pontos). Hoje, o Ibovespa chegou à mínima de 107.520 pontos.

    O dólar fechou em alta, cotado a R$ 5,3327.

    Cenário
    Segundo profissionais do mercado, o risco da incorporadora chinesa Evergrande não pagar juros de dívida que vencem nesta semana e na próxima deve agravar a desaceleração da economia.

    Para analistas consultados pelo G1, são dois os aspectos em que o mundo estará atento nos próximos dias: primeiro, como será (se houver) o plano de resgate da empresa e qual será o impacto nos bancos financiadores e nos setores adjacentes na economia chinesa.

    Isso piorava as previsões para a economia mundial, cuja recuperação dos efeitos da pandemia já sofria revezes na Europa e nos Estados Unidos com a disseminação da variante Delta, derrubando commodities como minério de ferro e petróleo.

    A bolsa de Hong Kong, onde a Evergrande está listada, teve queda de mais de 3,30%, com as ações da incorporadora mergulhando mais de 10%.

    Estados Unidos
    Além da bolsa asiática, Wall Street despencou nesta segunda, com o S&P 500 e Nasdaq sofrendo a maior queda percentual diária desde maio. O índice Dow Jones caiu 1,78%, a 33.970 pontos. O S&P 500 perdeu 1,69%, a 4.358 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuou 2,19%, a 14.714 pontos.

    Microsoft Corp, Alphabet Inc, Amazon.com Inc, Apple Inc, Facebook Inc e Tesla Inc estiveram entre as maiores influências negativas tanto no índice de tecnologia quanto no S&P 500.

    Fonte: globo.com

    Propaganda
    Clique para comentar

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Propaganda

    Banca de Jornal

    Propaganda

    Popular