Conecte-se conosco

Brasil

Bolsonaro chega a SP e fará mais exames para avaliar nova cirurgia

Publicado

em

Bolsonaro chega a SP e fará mais exames para avaliar nova cirurgia

O presidente Jair Bolsonaro foi transferido de Brasília para São Paulo, por volta das 17h30, para mais exames antes da decisão de uma nova cirurgia. Por volta das 19h, o avião presidencial pousou no Aeroporto de Congonhas e o presidente foi levado para o hospital Vila Nova Star, na Vila Nova Conceição.

A decisão de levar o presidente para a capital paulista foi do médico cirurgião Antônio Luiz Macedo, responsável pelas cirurgias no abdômen do presidente da República, decorrentes do atentado a faca ocorrido em 2018. Macedo foi chamado a Brasília e, após examinar o presidente pessoalmente, decidiu pela transferência.

Assim que o presidente foi transferido, alguns ministros, como o da Saúde, Marcelo Queiroga, foram às redes sociais com mensagens afirmando que Bolsonaro estava bem. “Estive agora há pouco com o nosso [email protected] Ele passa bem e logo estará de volta para continuar cuidando de todos nós, brasileiros. Força, presidente! Estamos ao seu lado. O Brasil está em oração para que se recupere logo”, escreveu o ministro.

Outro que se manifestou foi Tarcísio de Freitas, ministro da Infraestrutura, que disse que Bolsonaro embarcou para São Paulo “bem disposto, bem humorado e deve ficar em observação nos próximos dias aguardando o resultado dos exames para decidir se faz ou não uma cirurgia. Estamos orando pela sua pronta recuperação”.

Fontes próximas ao presidente dizem que ainda não há uma definição se Bolsonaro despachará do hospital ou se pedirá algum tipo de licença. Segundo esses auxiliares, ainda será preciso aguardar novos boletins médicos. A agenda do presidente de amanhã já está cancelada.

Secretaria Especial de Comunicação Social
A Secretaria Especial de Comunicação Social divulgou, nesta quarta-feira (14), uma nota em que afirma que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), internado no Hospital das Forças Armadas em Brasília, será transferido para São Paulo, onde fará exames para detectar a necessidade ou não de uma cirurgia. Exames mostraram ainda uma obstrução intestinal no chefe do Executivo.

“Após exames realizados no HFA em Brasília, o Dr. Macedo, médico responsável pelas cirurgias no abdômen do Presidente da República, decorrentes do atentado a faca ocorrido em 2018, constatou uma obstrução intestinal e resolveu levá-lo para São Paulo onde fará exames complementares para definição da necessidade, ou não, de uma cirurgia de emergência”, afirma.

Bolsonaro passou mal e deu entrada no hospital, durante a madrugada desta quarta-feira (14), após sentir dores abdominais.

Após a notícia, a secretaria divulgou uma nota em que informou que o presidente havia sido internado para a realização de exames para investigar a causa dos soluços. Por orientação médica, Bolsonaro ficará sob observação no período de 24 a 48 horas, não necessariamente no hospital. “Ele está animado e passa bem”, acrescentou.

O chefe do Executivo vinha se queixando de uma crise de soluços desde a semana passada. Na live da última quinta-feira (8), Bolsonaro pediu desculpas, disse que estava com os sintomas há mais de uma semana e que talvez não consiga se expressar de forma adequada.

Bolsonaro passou por algumas cirurgias em decorrência da facada da qual foi vítima, em Juiz de Fora (MG), em 2018, durante a campanha eleitoral. O cirurgião Antônio Macedo, que operou o presidente após o episódio, está em Brasília para avaliar as condições clínicas do chefe do Executivo.

Bolsonaro chega a SP e fará mais exames para avaliar nova cirurgia
Bolsonaro postou fotos nas redes sociais

Fonte: r7.com

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Banca de Jornal

Propaganda