Conecte-se conosco

Cidades

BBB21: saiba quem são os participantes

Publicado

em

Acabou o mistério, Brasil! Chegou a hora de conhecer os participantes do BBB21. A tão esperada lista foi divulgada nesta terça-feira, 19/1, ao longo da programação da Globo. A #RedeBBB preparou um resumão com idade, profissão, cidade natal e outras curiosidades sobre os novos brothers e as novas sisters do Big dos Bigs! Quer saber quem são, o que fazem e quantos são os novos moradores da casa mais amada e vigiada do país?

Arthur
Instrutor de crossfit, 26 anos, natural de Conduru, Espírito Santo. Ex-jogador de futebol , Arthur, jogou nas categorias de base do Atlético Goianiense e da Ponte Preta. O capixaba também chama atenção pela beleza, já conquistou o título de Mister Espírito Santo. Ele é do grupo Pipoca.

Karol Conká
Cantora e apresentadora, 35 anos, natural de Curitiba, Paraná. Dona de um discurso forte sobre empoderamento feminino e contra o preconceito, Karol usa sua visibilidade para falar sobre a diversidade. Ela é do grupo Camarote.

Caio
Fazendeiro, 32 anos, natural de Anápolis, Goiás. Caio está à frente de uma fazenda que tem lavoura de soja e milho, em Anápolis, desde que o pai se aposentou. Ele é do grupo Pipoca.

Carla Diaz
Atriz, 30 anos, natural de São Paulo. Carla Diaz fez muito sucesso ao interpretar Khadija, sua personagem em “O Clone”. A participante despontou como atriz aos 7 anos, quando atuou em “Chiquititas”. Ela é do grupo Camarote.

João Luiz
Professor de geografia, 24 anos, natural de Santos Dumont, Minas Gerais. João Luiz dá aulas para alunos de 14 a 17 anos em uma escola do Estado. Dentro da sala, faz o papel de educador e amigo. Ele é do grupo Pipoca.

Camilla de Lucas
Influenciadora, 26 anos, natural de Nova Iguaçu, Rio de Janeiro. Camilla de Lucas, a “blogueirinha real”, como ela se descreve virou um fenômeno da internet durante a pandemia. Ela é do grupo Camarote.

Arcrebiano
Modelo e educador físico, 29 anos, natural de Vila Velha, Espírito Santo. Professor de crossfit, Arcrebiano também investe na bolsa de valores. O capixaba é conhecido como Bill, apelido que recebeu aos 11 anos. Ele é do grupo Pipoca.

Pocah
Cantora, 26 anos, natural do Rio de Janeiro. Pocah tem mais de 20 milhões de seguidores. Nascida em Queimados e criada em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, Pocah é funkeira e apaixonada por rock. Ela é do grupo Camarote.

Juliette
Advogada e maquiadora, 31 anos, natural de Campina Grande, Paraíba. Juliette estuda para realizar o sonho de tornar-se delegada. Enquanto isso, a paraibana se sustenta como maquiadora, um hobby que virou profissão. Ela é do grupo Pipoca.

Nego Di
Comediante, 26 anos, natural de Porto Alegre, Rio Grande do Sul. A carreira de Nego Di começou com uma brincadeira em aplicativo de troca de mensagens. O gaúcho foi pioneiro nesse tipo de criação de conteúdo classificado como WhatsApper. Ele é do grupo Camarote.

Kerline
Modelo e influenciadora, 28 anos, natural de Fortaleza, Ceará. Kerline teve que abrir mão do sonho de ter uma empresa após cair em um golpe e contrair uma dívida. Ela é do grupo Pipoca.

Lucas Penteado
Ator, 24 anos, natural de São Paulo. Lucas Penteado, que interpretou Fio em “Malhação”, é dono de um currículo extenso. O paulista, além de ator, é cantor, poeta, MC, slammer, apresentador, diretor e dramaturgo. Ele é do grupo Camarote.

Lumena
Psicóloga e DJ, 29 anos, natural de Salvador, Bahia. Após se dedicar a uma carreira acadêmica, Lumena vem se legitimando, mais recentemente, com outra identidade profissional: a discotecagem de pagodão baiano. Ela é do grupo Pipoca.

Rodolffo
Cantor sertanejo, 32 anos, natural de Uruaçu, Goiás. Rodolffo é parceiro de Israel em uma dupla sertaneja que começou quando eles tinham 7 anos de idade. Com 25 anos de carreira, acumula vários discos lançados e fãs espalhados por todo o Brasil. Ele é do grupo Camarote.

Gilberto
Doutorando em Economia, 29 anos, natural de Jaboatão, Pernambuco. Criado em Paulista, Gilberto só dividiu o foco nos estudos com a dedicação à igreja durante boa parte da vida. Aos 10 anos, se tornou mórmon, por influência da mãe. Ao se descobrir homossexual, trocou a faculdade para investir na carreira de missionário. Ele é do grupo Pipoca.

Viih Tube
Atriz e youtuber, 20 anos, natural de Sorocaba, São Paulo. Viih Tube soma mais de 39 milhões de seguidores em suas plataformas digitais. Nos últimos anos, além de compartilhar parte de sua vida, a paulista também escreve e atua em webséries voltadas para o público teen. Ela é do grupo Camarote.

Thais
Cirurgiã-dentista, 27 anos, natural de Luziânia, Goiás. Thaís foi criada pela família para se casar e ter filho aos 25 anos, mas seu rumo foi diferente do que os pais desejavam. Aos 27 anos, a cirurgiã-dentista acaba de se tornar participante do BBB21. Ela é do grupo Pipoca.

Projota
Cantor e rapper, 34 anos, natural de São Paulo. Grande nome do rap nacional na atualidade, Projota já cantou no Rock in Rio, nas Olimpíadas do Rio, em 2016, e tem mais de 2 bilhões de visualizações de suas músicas nas redes sociais. Ele é do grupo Camarote.

Sarah
Consultora de marketing digital, 29 anos, natural de Brasília. Sarah já morou em Los Angeles e trabalhou em várias funções: motorista de aplicativo, babá, figuração em TV e até mesmo assessora de alguns influencers. Ela é do grupo Pipoca.

Fiuk
Ator e cantor, 30 anos, natural de São Paulo. Dos 30 anos recém-completados, Fiuk, que também é empresário e piloto de Drift, passou metade desse tempo exposto aos holofotes. Reservado, sempre fez questão de manter o lado pessoal bem longe da vida pública.

Fonte: globo.com

Cidades

FMS confirma que 96% dos leitos de UTI estão ocupados por Covid-19 em Teresina

Publicado

em

O presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Gilberto Albuquerque, confirmou que a ocupação de leitos de UTI destinados a pacientes com Covid-19 na rede municipal de saúde de Teresina ultrapassou os 95% na tarde deste sábado (6).  Havia apenas seis leitos disponíveis até às 14h, com outros 138 ocupados, representando 95,8% da ocupação total de leitos. 

Gilberto Albuquerque explica que até meio-dia de hoje havia apenas três leitos desocupados.

“Mas isso muda muito. Nós estamos trabalhando com 144 leitos Covid e o movimento é muito grande. Agora, no início da tarde, nós temos disponíveis seis leitos de UTI e 138 ocupados, ou seja, aproximadamente 96%”, adiantou.

“A gente espera que a população continue colaborando com o isolamento social, o uso de máscaras e álcool em gel, porque nós estamos passando agora por um dos períodos mais difíceis. No primeiro pico da doença, nós tínhamos pacientes na maioria mais velhos e agora temos muitos pacientes jovens, sem comorbidades perspectiva e demorando mais tempo internados, ou seja, aparentemente é uma variante mais agressiva”, revelou o presidente da FMS.

Fonte: FMS

Continue lendo

Cidades

Sessão da APL homenageia o cinquentenário da UFPI

Publicado

em

A importância história da instalação há 50 anos da Universidade Federal do Piauí motivou a realização de uma sessão online especial da Academia Piauiense de Letras (APL), realizada neste sábado (6). Com a participação do Reitor Gildásio Guedes e do vice-reitor Viriato Campelo, o ato solene reuniu acadêmicos, ex-reitores, integrantes da Administração Superior e representantes dos segmentos docente e estudantil da Universidade.

Zózimo Tavares, presidente da Academia Piauiense de Letras

Ao abrir o evento, o presidente da APL, acadêmico e jornalista Zózimo Tavares, expressou alegria pela sessão em honra à Universidade e agradeceu aos acadêmicos pela aprovação unânime da proposição do ato solene. Para o presidente, a UFPI constitui um marco divisor na história do Piauí.

“Nos enchemos de contentamento e emoção ao recordar hoje a bela trajetória da Universidade, assinalada por muitos sacrifícios e desafios, tantas incompreensões e disputas, mas também muitas conquistas e vitórias” disse Zózimo. “Naquele 1º de março de 1971, quando a Universidade foi oficialmente instalada, o Piauí plantou em terra fértil a semente do saber, que se espalhou pelo estado e vem alimentando o espírito e a inteligência dos piauienses” declarou.

Docente da UFPI e ocupante da cadeira nº 1 da Academia, o acadêmico Fonseca Neto foi o orador da solenidade e proferiu uma palestra em que enfatizou fatos históricos e a força da mobilização de políticos, intelectuais, estudantes e personalidades que se articularam até verem aprovada no Congresso a Lei 5.528, de 1968, que autorizava finalmente a criação da primeira Universidade do Piauí.

Acadêmico Fonseca Neto

“Instalada a UFPI, em março de 1971, nela confluem na origem as experiências de educação superior anteriores que existiam no Piauí: as Faculdades de Direito, Filosofia, Odontologia, Medicina e de Administração (de Parnaíba) ”, disse Fonseca, ao apresentar na palestra o pano de fundo político e histórico que culminou na aprovação da Lei 5.528, incorporando essas faculdades e criando a UFPI. ” A UFPI foi resultado desse acerto político na comissão mista do congresso que tinha Petrônio Portela como presidente e Chagas Rodrigues como relator”, desenhando assim o formato inicial da instituição.

Fonseca Neto dedicou sua palestra ao jornalista carioca Luiz Bello, in memoriam, que documentou no livro “Da Serra da Ibiapaba ao Campus da Ininga”, o resgate de 4 séculos de pedagogia no Piauí e a fundação da UFPI. O obra foi lançada esta semana pela Editora da Universidade, em ato comemorativo aos 50 anos da Instituição.

Gildásio Guedes, reitor da UFPI

O reitor da UFPI, Gildásio Guedes, em seu discurso, agradeceu à Academia Piauiense de Letras pela homenagem que celebra a atuação nesses 50 anos da UFPI. Disse que a Instituição tem orgulho de ter colaborado com progresso do estado e de ter ampliado oportunidades e gerado mudança de vida para as mais de 75 mil pessoas que se graduaram e se pós-graduaram em 5 décadas de existência da Universidade. Guedes disse também que a Instituição se reinventa para continuar servindo aos que a procuram.

“A Universidade é feita de sonhos. Vamos lutar para finalmente criar o Parque Tecnológico do Piauí e também presentear Teresina com uma nova área verde de convivência, com a instalação de um Parque Ambiental na área entre o Setor de Esportes e o CT. Temos também o desejo de criar novos cursos para colaborar com a vocação de cidades onde temos campi instalados. Estamos aqui para fazer essa Universidade cada dia maior”, finalizou.

Participaram da solenidade os ex-reitores Anfrísio Neto Lobão Castelo Branco, Pedro Leopoldino e José Arimatéria Dantas Lopes, e 13 acadêmicos da APL, entre eles, Celso Barros Coelho; Fides Angélica, que cerimoniou o evento; Nelson Nery Costa; Jônathas Nunes, também presidente da Academia Piauiense de Ciências; Maria do Socorro Magalhães; e Elmar Carvalho. Pela Universidade, também prestigiaram a solenidade pró-reitores, diretores de centro, superintendentes, além de professores e estudantes.

A solenidade está disponível no canal da APL no You Tube.

Fonte: Ascom

Continue lendo

Cidades

Covid-19: Piauí atinge 765 casos positivos e 13 óbitos em 24h

Publicado

em

Nas últimas 24 horas foram registrados, no Piauí, 765 casos confirmados e 13 óbitos pela Covid-19, segundo os dados divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde, na noite deste sábado (6).

Dos 765 casos confirmados da doença, 424 são mulheres e 341 são homens, com idades que variam de um a 94 anos.

Sete mulheres e seis homens não resistiram às complicações da Covid-19. Elas eram dos municípios de Buriti dos Lopes (81 anos), Baixa Grande do Ribeiro (93 anos), Canto do Buriti (78 anos), Oeiras (62 anos), Parnaíba (66 e 73 anos) e Piripiri (75 anos). Já os do sexo masculino eram de Parnaíba (43 e 64 anos), Sigefredo Pacheco (79 anos) e Teresina (35, 60 e 62 anos). Duas das treze vítimas não possuíam comorbidades.

Os casos confirmados no estado somam 179.304 distribuídos em todos os municípios piauienses. Já os óbitos pelo novo coronavírus chegam a 3.460 e foram registrados em 212 municípios. Até agora, morreram 2.026 homens e 1.434 mulheres.

Dos leitos existentes na rede de saúde do Piauí para atendimento à Covid-19, há 808 ocupados, sendo 453 leitos clínicos, 297 UTIs e 58 em leitos de estabilização. As altas acumuladas somam 10.255 até o dia cinco de março de 2021.

A Sesapi estima que 175.036 pessoas já estão recuperadas ou seguem em acompanhamento (casos registradas nos últimos 14 dias) que não necessitaram de internação ou evoluíram para morte.

Campanha de vacinação
Até o momento, o vacinômetro, ferramenta para acompanhar a evolução da campanha de vacinação contra a Covid-19 no Piauí, aponta que 90.309 pessoas já receberam a primeira dose de vacina no estado e 25.468 a segunda dose.

Os dados são atualizados a cada 15 minutos a partir da inserção de registros no sistema de informação da campanha pelos estabelecimentos de saúde. 

O Painel de Monitoramento da Vacinação contra a Covid-19 pode ser acessado através do site www.saude.pi.gov.br.

Da Redação

Continue lendo

Popular