O Atlético-MG conquistou a primeira vaga na final do Campeonato Mineiro ao vencer o Athletic com 1 a 0, com gol de Hulk, no estádio Independência, neste sábado (18). O Galo precisava de uma vitória simples, já que perdeu o jogo de ida.

O Galo é o primeiro finalista do Campeonato Mineiro 2023. O time de Coudet espera o vencedor de América e Cruzeiro, que será definido no domingo, após o Coelho vencer o jogo de ida por 2 a 0.

O Athletic foi o único time a derrotar o Galo na temporada. A equipe tirou a invencibilidade do adversário ao vencer o jogo de ida da semifinal por 1 a 0.

Buscando o tetra seguido, o Galo vai decidir o título em casa. O Atlético não fica de fora de uma final de Estadual desde 2007.

O Jogo
O início da partida mostrou um Athletic fechado, sem dar espaços para o Galo. Mesmo com a posse de bola, o Atlético-MG não conseguiu levar perigo ou sequer finalizar no gol de Júlio César.

Jogo morno no primeiro tempo. Com a vantagem do empate, o Athletic se segurou sem muito esforço, enquanto o Galo mostrou timidez no ataque, sem criatividade para criar jogadas e chegar perto de abrir o placar.

Na volta dos vestiários, Galo muda a postura. Hyoran entrou no lugar de Rubens e não precisou nem de dois minutos para obrigar Júlio César a fazer sua primeira defesa, em uma bomba de fora da área.

Pressão do Atlético-MG funciona e gol sai. Com as trocas em campo, o Galo mudou de postura e viu o Athletic mais acuado em sua defesa. Foi na pressão de Paulinho que Hulk conseguiu ter a bola para abrir o placar.

Athletic passa a sair mais após o gol. Precisando do empate, o time visitante começou a buscar mais o ataque, o que fez o Galo jogar no contra-ataque e sem pressa.

Jogo elétrico no final. Com os dois times buscando o gol, os minutos finais renderam emoção para o torcedor, que não viu o Galo sentado no resultado, mas sim saindo para tentar o segundo tento.

Gol
1 x 0: Hulk marca aos 7 minutos do segundo tempo. Na saída de bola do Athletic, Paulinho pressiona e força o erro de Danilo Cardoso, que perdeu a posse e viu Hulk ficar sozinho para avançar, driblar Júlio César já fora da área e mandar para rede.

Fonte: Folhapress
Foto: Reprodução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *