A indústria Ferronorte abriu suas portas para os estudantes do IFPI na última quinta-feira (25). A atividade realizada no dia da indústria proporcionou aos alunos do 2º ano do curso técnico Integrado em Mecânica visitarem a fábrica da produtora de aço Ferronorte, e tiveram a oportunidade de conhecer de perto o fluxo do “chão de fábrica”, onde estão localizados os funcionários e as máquinas responsáveis pela produção efetiva dos produtos da indústria.

A iniciativa, idealizada pelo CIEPI em parceria com o IFPI, busca estabelecer uma maior conexão entre a teoria e a prática no cotidiano da indústria. A visita proporcionou ótimos resultados para os estudantes do Instituto Federal, como ressaltou o aluno do IFPI Gabriel Garret. “Foi uma experiência excelente. Tivemos a oportunidade de compreender o funcionamento de uma fábrica e entender como os profissionais da nossa área trabalham. Ficou evidente a importância dada à segurança de todos na fábrica, bem como a diversidade de possibilidades que o aço oferece em um único local”, destacou.

A ação entre o IFPI e o CIEPI faz parte da parceria estabelecida entre as duas instituições, que frequentemente promovem atividades para desenvolver projetos e eventos conjuntos, além de desenvolver o intercâmbio de alunos e professores com o objetivo de impulsionar a indústria no estado.

O professor e coordenador do curso técnico, Ítalo Pedrosa, ressaltou a oportunidade que os alunos tiveram de colocar em prática o conhecimento adquirido em sala de aula. “Essa é uma excelente oportunidade para contextualizar o conhecimento teórico com as práticas do mercado de trabalho. Dessa forma, os professores podem se capacitar melhor e adaptar suas ações de ensino para atender às demandas do setor industrial local”, enfatizou o professor.

Durante a visita, os alunos tiveram a oportunidade de conhecer o passo a passo da produção do aço na fábrica, abrangendo diferentes finalidades. Para o presidente do Ciepi, Federico Musso, a experiência ajuda a aproximar a academia da indústria. “Nosso objetivo com esse tipo de iniciativa é que os alunos estejam cada vez mais próximos da indústria, melhorando a qualificação e também trazendo soluções práticas para as empresas”, ressalta o presidente.

Fonte: Ascom
Fotos: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *