Allisson Wattson é condenado a 17 anos de prisão pela morte de Camila Abreu

O ex-capitão da Polícia Militar do Piauí, Allisson Wattson da Silva Nascimento, foi condenado a 17 anos, 7 meses e 21 dias de reclusão e mais 4 meses e 20 dias de detenção, iniciando em regime fechado, pelo assassinato da estudante de direito Camilla Pereira de Abreu, ocorrido em 2017. O julgamento se estendeu até a madrugada deste sábado (25), no Fórum Criminal de Teresina.

O período em que o ex-PM ficou preso preventivamente será abatido da pena, seguindo o princípio de detração penal, assim, o condenado terá que cumprir efetivamente pouco mais de 13 anos da sentença.

A juíza Maria Zilnar conduziu o julgamento. Na sentença condenatória, a Justiça negou o direito do condenado recorrer em liberdade.

Em seu depoimento, Allisson Wattson negou as acusações apresentadas na sessão pelas testemunhas e afirmou que a morte de Camilla Abreu foi acidental. Ele deu detalhes da noite do dia do crime, desde o momento em que ele foi deixar a jovem na faculdade, em um shopping da zona Leste de Teresina, até a fatídica morte da estudante.

Relembre o caso
De acordo com a investigação da Polícia Civil, a estudante de direito, Camila Abreu desapareceu no dia 26 de outubro de 2017. Ela foi vista pela última vez em um bar no bairro Morada do Sol, zona Leste de Teresina, acompanhada do namorado, o capitão da PM, Allisson Wattson.

Segundo a polícia, o acusado ficou incomunicável durante dois dias, retornando apenas no sábado (28) e afirmou não saber do paradeiro do jovem e no dia 31 de outubro, foi confirmada a morte da jovem.

Ainda conforme a polícia, na tarde do dia 31, o Alisson foi preso e indicou onde estava o corpo da estudante. O laudo cadavérico concluiu que a jovem foi arrastada antes de ser assassinada.

Expulsão
No dia 4 de fevereiro de 2019, o Pleno do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí (TJ-PI) decidiu, por unanimidade, pela expulsão do capitão Allisson Wattson da Silva Nascimento, dos quadros da Polícia Militar do Piauí.

Allisson Wattson é condenado a 17 anos de prisão pela morte de Camila Abreu
Allisson Wattson e Camila Abreu

Da Redação
Fotos: Rede social

relacionadas

talvez você goste