Deputados estaduais aprovaram nesta terça-feira (22) projetos que tratam sobre a criação e extinção de cargos na estrutura administrativa do Tribunal de Justiça do Estado e sobre a consolidação do Proaja (Programa de Alfabetização de Jovens e Adultos) como política pública de erradicação do analfabetismo no Piauí.

De acordo com o projeto, o Tribunal de Justiça passará a contar com novos cargos efetivos, dentre eles, dois de fonoaudiólogo e um de médico. Também, serão criados cargos em comissões e de funções de confiança.

Em relação ao Projeto do Poder Executivo que torna o Proaja política permanente de combate ao analfabetismo, o deputado Francisco Limma (PT) disse que a meta do Governo do Estado é alfabetizar 200 mil jovens e adultos nos próximos anos.

Com informações da Alepi

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *