Conecte-se conosco

    Internacional

    Alemanha e Suécia registram protesto contra invasão russa na Ucrânia

    Publicado

    em

    Alemanha e Suécia registram protesto contra invasão russa na Ucrânia

    Manifestantes estão reunidos em frente ao Portão de Brandemburgo, um importante símbolo de Berlim, na Alemanha, erguendo a bandeira ucraniana em protesto à invasão russa.

    Já em Estocolmo, capital da Suécia, manifestação ocorre em frente à embaixada russa.

    Vizinhos da Ucrânia se preparam para receber refugiados

    Ucranianos que fogem da guerra começaram a chegar na Polônia nesta quinta-feira (24).

    Uma das cidades que está recebendo famílias é Medyka. O ministro da Saúde da Polônia afirmou que os hospitais do país está aumentando o número de leitos dos hospitais para poder atender pessoas feridas.

    Outros países que fazem fronteira com a Ucrânia, como a Romênia e a Eslováquia, afirmaram que não há um volume significativo de pessoas agora, mas há relatos em redes sociais descrevendo a chegada de ucranianos.

    A Eslováquia deslocou 1.500 soldados para a região de fronteira para receber famílias que fogem da guerra na Ucrânia.

    Moldávia e Belarus fecham espaço aéreo

    A Moldávia fechou seu espaço aéreo devido à invasão russa da vizinha Ucrânia. A Belarus tomou uma medida parecida: fechou parte de seu espaço aéreo.

    “Os voos serão desviados para outros aeroportos”, disse o vice-primeiro-ministro da Moldávia, Andrei Spinu, no Telegram. Ele justificou a medida pela “situação na região”.

    Por sua vez, o ministério da Defesa de Belarus anunciou o fechamento do seu espaço aéreo sobre a fronteira ucraniana, no sul do país, a partir das 9h00 GMT (6h00 de Brasília), para “garantir a utilização segura do espaço aéreo”.

    Fonte: globo.com

    Propaganda
    Clique para comentar

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Propaganda

    Banca de Jornal

    Propaganda

    Popular