Conecte-se conosco

Esporte

Publicado

em

O Estádio La Fortaleza, em Buenos Aires, foi palco da estreia do São Paulo e do Lanús na segunda etapa da Copa Sul-Americana desta temporada. Os brasileiros, campeões do torneio em 2012, foram a campo para iniciar a caminhada em busca do bicampeonato. Já os argentinos, campeões em 2013, também jogaram para seguir adiante e tentar a segunda taça.

Mesmo sem fazer uma partida oficial desde março, Lanús apertou bastante a saída de bola do São Paulo no início da partida. Chegou, inclusive, a criar oportunidades para abrir o placar. Mas quem balançou as redes foi o São Paulo. Aos 12 minutos, Tchê Tchê fez bela jogada. Abriu para Luciano que só ajeitou para o centroavante Brenner. Sozinho, o garoto, de 20 anos, abriu o placar. Foi o décimo segundo gol do atacante formado nas categorias de base do clube. Depois do gol, o cenário seguiu basicamente o mesmo do início do jogo. A pressão era do Lanús e o São Paulo apresentava dificuldades na saída de bola.

Aos 21 minutos, Di Placido cruzou e De La Vega cabeceou com muito perigo. Quase o empate. Aos 28, a zaga brasileira quase vazou novamente em outra bola aérea. Diego Costa quase faz contra. Depois da bola bater na trave, Tiago Volpi salvou o Tricolor. Aos 29, a forte pressão argentina seguiu com uma conclusão forte de De La Vega que bateu na rede, mas pelo lado de fora. O São Paulo só foi finalizar novamente aos 43 minutos. Luciano chutou e Morales defendeu sem maiores problemas.

Na etapa final, o São Paulo tentou fugir da pressão dos donos da casa e até que conseguiu nos primeiros minutos. Teve uma chance logo no primeiro minuto de jogo com o meia Igor Gomes, que foi travado de frente para o gol. Logo depois, aos três minutos, Brenner chutou de longe e carimbou a trave. Só que aos sete, os brasileiros foram castigados com o gol de empate. Di Placido foi no fundo e cruzou. Depois do desvio do Daniel Alves, a bola sobrou para o centroavante Sand empurrar para o gol. Aos 40 anos, o avante ampliou a liderança na artilharia histórica da equipe argentina. Agora tem 128 gols.

A equipe brasileira pareceu não se abater. Quase foi à frente novamente aos 11. Daniel Alves bateu uma falta inicialmente na barreira. Só que, no rebote, ele deu um chutaço de esquerda direto no travessão. Aos 28, Luciano conseguiu um bom cruzamento. Igor Gomes ganhou da zaga pelo alto e defesa local afastou o perigo no meio da área. Aos 38, o São Paulo chegou a marcar. Mais uma vez o garoto Brenner. Dessa vez, ele completou cruzamento de Reinaldo e balançou a rede. Mas a arbitragem anulou o lance que é extremamente duvidoso.

Aí veio o castigo. Em sete minutos saíram três gols, dois do Lanús e um do São Paulo. No primeiro dos argentinos, Daniel Alves errou no início do lance. Reinaldo, mal posicionado, não afastou. A bola chega na área do Tricolor até Orsini. Ele ajeitou para o veterano Sand. O centroavante dominou, girou e fuzilou. Virada: 2 a 1. Na noite que foi as redes duas vezes, o atacante chegou aos 129 gols pelo Lanús.

Só que quando a derrota parecida consolidada, o São Paulo teve forças para marcar mais um. Se o Lanús tem Sand, o Tricolor tem Brenner. Aos 41 minutos, Vitor Bueno lançou Luciano que ajeitou para a revelação brasileira empatar a partida. Segundo do São Paulo e segundo do Brenner. 2 a 2 na Argentina. Mas aos 45, o Lanús fechou o placar naquele que vem sendo o calcanhar de aquiles do São Paulo nessa temporada: a bola aérea. Em cruzamento de bola parada, Diego Costa não acompanhou o volante Quignón. De cabeça, o argentino superou Tiago Volpi e fechou o placar: 3 a 2 para os argentinos.

O jogo de volta está previsto para a próxima quarta-feira (4), no Morumbi, às 19h15. Já que o gol marcado fora de casa é critério de desempate na Sul-americana, o São Paulo se classifica às oitavas de final vencendo por 1 a 0 e 2 a 1. Uma vitória por 3 a 2 do Tricolor, leva a decisão aos pênaltis.

Fonte: globo.com
Foto: Reuters

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

São Paulo atropela o Santos no Morumbi: 4 a 0

Publicado

em

O São Paulo passou com louvor o seu primeiro teste na temporada 2021. Com um ótimo segundo tempo, a equipe venceu o clássico com o Santos por 4 a 0, com direito a dois golaços, no Morumbi, na noite deste sábado (6).

Após um primeiro tempo quase sem jogo, por causa da chuva, o Tricolor voltou bem melhor do intervalo e construiu a goleada com Gabriel Sara, Luan Peres (contra), Pablo e Tchê Tchê.

Enquanto o São Paulo só volta a atuar no próximo sábado, quando visita o Novorizontino, o Santos tem, na terça-feira, o seu jogo mais importante na temporada até aqui: contra o Deportivo Lara, pelo jogo de ida da fase prévia da Libertadores.

Temporal ‘impede’ 1º tempo
A chuva caiu tão forte instantes antes do jogo, que é até difícil analisar o primeiro tempo, já que o gramado ficou totalmente encharcado e as boas jogadas quase não aconteceram.

Um dos únicos jogadores que ainda conseguia criar algo de perigoso era Soteldo, que ameaçou Tiago Volpi em duas oportunidades. Na mais clara delas, aos 26, o venezuelano fez jogada individual e bateu. A bola foi na rede pelo lado de fora.

Gramado seca. E São Paulo marca
Na volta para a segunda etapa, o cenário era outro. Com a chuva dando uma trégua e o gramado melhorando bastante, o jogo mostrou que seria diferente desde os primeiros minutos.

Tanto é que, logo aos 4, Daniel Alves cobrou escanteio com categoria e Gabriel Sara surgiu no meio da área, sozinho, para cabecear para o gol.

No lance seguinte, o São Paulo quase ampliou. Rojas, que entrou no intervalo, fez jogada pela direita e bateu por cima do gol.

O Santos até tentava criar, mas o rival continuava mais perigoso. Aos 16, Gabriel Sara fez jogada pela lateral e cruzou para a área. Luciano não conseguiu finalizar. Aos 23, Pablo saiu da área e cruzou. O zagueiro Léo apareceu de elemento surpresa e obrigou John a fazer ótima defesa.

São Paulo faz dois em três minutos
O Tricolor mandava no jogo e conseguiu fazer dois gols em três minutos. Com 27 minutos, Luciano fez jogada individual, levou a bola para a esquerda e chutou cruzado. A bola desviou em Luan Peres e entrou no gol, ampliando o marcador.

Três minutos depois, aos 30, Pablo marcou um golaço. O atacante recebeu lançamento de Igor Vinicius, percebeu o goleiro John adiantado e chutou por cobertura.

Virou passeio!
Já nos últimos minutos, ainda deu tempo de Tchê Tchê marcar mais um belo gol. Ele bateu colocado, de fora da área, e acertou o ângulo do gol de John.

Fonte: r7.com

Continue lendo

Esporte

Vasco perde a segunda seguida diante do Volta Redonda

Publicado

em

Atuando novamente com uma equipe alternativa, o Vasco voltou a passar em branco e, com um gol no final, perdeu por 1 a 0 para o Volta Redonda, fora de casa, pela segunda rodada do Campeonato Carioca. O gol dos donos da casa foi marcado pelo atacante João Carlos, aos 38 da etapa final.

Com o resultado, o Cruzmaltino fica na 11ª e penúltima posição do estadual, sem pontos em dois jogos. O próximo compromisso da equipe será no sábado (13), contra o Nova Iguaçu, em São Januário.

O elenco principal do Vasco se reapresenta nesta segunda (8) e será preparado para a estreia na Copa do Brasil contra a Caldense (MG), no próximo dia 18.

O melhor – Laranjeira por pouco não se consagra
O jovem Laranjeira, do Vasco, roubou a cena no Raulino de Oliveira, mesmo sem marcar. O meio-campista protagonizou bons dribles e finalizou bem nas oportunidades que teve. Só não balanço a rede porque o goleiro Andrey estava inspirado.

O pior – Caio Lopes com o pé descalibrado
O volante vascaíno usou e abusou das finalizações de fora da área, na maioria das vezes desperdiçando melhores alternativas.

Fonte: Folhapress

Continue lendo

Esporte

Grêmio chega a São Paulo para final da Copa do Brasil

Publicado

em

Após dois dias de treinos em Atibaia, no interior paulista, o Grêmio desembarcou em São Paulo no começo da tarde deste sábado para a decisão da Copa do Brasil. O Tricolor precisa vencer o Palmeiras neste domingo, às 18h, no Allianz Parque, para conquistar o hexa.

Cinco gremistas estavam ao redor do hotel. Mas o ônibus estacionou na rua ao fundo do local, uma entrada de serviço onde era mais fácil para o veículo parar. Por isso rolou uma pequena movimentação. Profissionais também de estabelecimentos próximos tietaram também Renato.

  • Parabéns pelo seu trabalho, Renato! – gritou um flamenguista.

O elenco está desde quinta longe de Porto Alegre. No período em Atibaia, além de dois treinos, também houve a confirmação da renovação de contrato de Renato Portaluppi até o final do ano.

O técnico Renato Portaluppi admitiu a possibilidade de mudanças na equipe para o jogo deste domingo. Vanderson, Ferreira e até mesmo Lucas Silva ou Thaciano podem aparecer na equipe.

O clube gaúcho viajou a São Paulo com todos os jogadores. Diversos nomes que não estão disponíveis para atuar, como Geromel e Leonardo, machucados, e Luiz Fernando e Pinares, que não estão aptos a jogar a competição, estão com o grupo.

Após perder o jogo de ida por 1 a 0 na Arena, o Tricolor precisa vencer por dois gols de diferença para ser campeão. Uma vitória por um gol leva a decisão para os pênaltis. Grêmio e Palmeiras se enfrentam às 18h deste domingo, no Allianz Parque, pelo duelo da volta da final da Copa do Brasil.

Fonte: globo.com

Continue lendo

Popular