Conecte-se conosco

Popular

Thelma é a campeã do ‘BBB20’ com 44,1% dos votos

Publicado

em

Thelma venceu a final do “Big Brother Brasil 20” nesta segunda-feira (27). Com 44,10% dos votos, a campeã levou para a casa o prêmio de R$ 1,5 milhão.

Rafa ficou com o segundo lugar (e R$ 150 mil) ao levar 34,81%. Manu fechou o top 3 com 21,07% dos votos. Com isso, ela ganhou R$ 50 mil.

Os outros 17 concorrentes, eliminados ao longos dos últimos três meses, participaram através de ligação de vídeo.

Fonte e foto: globo.com

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popular

Lenda do Cabeça de Cuia ganha nova versão

Publicado

em

Uma versão adaptada e sem violência sobre o Cabeça de Cuia, foi lançada nesta quarta-feira (17), no Parque Encontro dos Rios. O livro ‘Crispim, o menino do rio’, da autora Célia Revilândia, mostra uma versão para as crianças. O evento faz parte do Painel Marco Mulher – 2021 realizado pela Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres (SMPM).

Desmistificar lendas que colocam a mulher como estereótipo e reforçar o combate à violência contra mulher, é uma obrigação de todos atualmente, além de Célia ser da nossa equipe da SMPM, o livro quebra o ciclo em que um homem assassina e violenta uma mulher, disse Karla Berger, secretaria da SMPM.

A professora Célia Revilândia transformou a lenda tradicional do Cabeça de Cuia em uma história de Crispim, um jovem garoto que morava nas margens do rio Parnaíba, de família muito pobre, que um certo dia ao chegar para o almoço não gostou do que foi servido pela mãe, revoltado, ele arremessou um osso contra a mãe e a matou. Antes de morrer, genitora o amaldiçoou a ficar vagando no rio e também como efeito da maldição, Crispim ficou com a cabeça muito grande, no formato de uma cuia. Segundo a lenda o mal do garoto só teria fim quando ele se relacionasse sexualmente com sete Marias virgens.

Uma de nossas maiores referências folclóricas, a lenda do Cabeça de Cuia, tem o desfecho violento, com o personagem principal assassinando a própria mãe.

A lenda é conhecida por todos os piauienses e é passada de pai para filho. Ao ser contada para a criança, a autora relatou que mesmo que sejam usados recursos narrativos diversos, dizer com naturalidade que uma criança mata a mãe por causa de comida nunca é uma ideia que deva ser comunicada, além de reforçar a violência contra mulher, foi pensando nisso que resolvi reescrever a história, afirmou a autora do livro Célia Revilândia.

A obra preserva os elementos mais importantes da lenda, numa narrativa adequada a crianças de qualquer idade, mantendo ligação com imaginário popular, ao mesmo tempo que permite refletir sobre amplas questões sociais e ambientais.

Sobre a autora
Célia Revilândia Costa Seabra é doutora em Ciência da Informação (Unb); mestra em Educação (UFPI); especialista em Educação em Direitos Humanos (UFPI); pedagoga (UFG). professora da rede municipal de ensino de Teresina, contadora de histórias; e, atualmente, integra a equipe da Secretaria da Mulher de Teresina.

Fonte: Ascom/PMT

Continue lendo

Popular

Vereador Jeová Alencar é internado após contrair Covid-19

Publicado

em

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Humberto Martins, concedeu hoje (22) prisão domiciliar ao prefeito afastado do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella. Pela decisão, Crivella será monitorado por tornozeleira eletrônica e está proibido de manter contato com terceiros e de falar ao telefone. Ele também deverá entregar aparelhos telefônicos, computadores e tablets às autoridades.

Na manhã de hoje, Crivella foi preso por determinação da desembargadora Rosa Helena Penna Macedo Guita, da 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. A prisão do prefeito e de outros investigados foi realizada em ação do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) e da Polícia Civil, como desdobramento da Operação Hades, que apura corrupção na prefeitura da cidade e tem como base a delação do doleiro Sergio Mizrahy.

Na decisão, o presidente do STJ entendeu que Crivella pode cumprir medidas cautelares diversas da prisão. “Não obstante o juízo tenha apontado elementos que, em tese, justifiquem a prisão preventiva, entendo que não ficou caracterizada a impossibilidade de adoção de medida cautelar substitutiva menos gravosa”, afirmou o presidente da corte.

No habeas corpus, a defesa de Crivella afirmou que a prisão é ilegal e uma demonstração de criminalização da política. “A prisão foi decretada com base em presunções genéricas e abstratas, desamparadas de qualquer base legal, sendo certo que o prefeito terá sua inocência demonstrada no curso do processo.”, declararam os advogados.

Ao chegar à Cidade da Polícia após ser preso, o prefeito atribuiu a sua prisão a uma perseguição política. “Perseguição política. Lutei contra o pedágio ilegal e injusto, tirei recursos do carnaval, negociei com o VLT. Foi o governo que mais atuou contra a corrupção no Rio de Janeiro”, afirmou.

Da Redação

Continue lendo

Popular

Sikêra Jr. entra ao vivo na RedeTV! para desmentir boatos

Publicado

em

Por

Afastado da televisão e das redes sociais há cinco dias, o apresentador Sikêra Júnior entra ao vivo no final da tarde desta quarta-feira na RedeTV! para desmentir boatos de que seu estado de saúde seria grave por conta do coronavírus.

Durante todo o dia, inúmeras notícias foram compartilhadas nas redes sociais afirmando que Sikêra Jr. estaria com os dois pulmões comprometidos. Ele vai participar do programa Alerta Nacional direto de sua casa. “Hoje ele vai entrar ao vivo e vai esclarecer que está bem. A direção optou pelo afastamento nessa semana, mas ele volta aos estúdios na segunda”, contou, com exclusividade, a assessoria de Sikêra.

A filha do apresentandor também desmentiu mais cedo os rumores do agravamento da doença do pai por Covid-19: “Meu pai está em casa, doente, mas se recuperando. E as pessoas ficam inventando coisas a respeito disso. Ele não está no hospital e não está com o pulmão comprometido”, afirmou Larissa Siqueira.

Com informações do UOL

Continue lendo

Popular