Conecte-se conosco

    Brasil

    Professor teresinense é encontrado morto no entorno de Brasília

    Publicado

    em

    Professor teresinense é encontrado morto no entorno de Brasília

    O corpo do professor de inglês Denes Marlio Lima Neres, de 26 anos, foi encontrado carbonizado em Planaltina de Goiás (GO), no Entorno do Distrito Federal, neste final de semana. As informações são do Metrópoles.

    Segundo informações divulgadas em nota de pesar do Sindicato dos Professores do Distrito Federal (Sinpro-DF), Denes foi assassinado.

    O educador foi visto pela última vez no feriado de Carnaval, na última terça-feira (1º/03), na região de Planaltina de Goiás. Desde então, ele era procurado por amigos e familiares. De forma trágica, o corpo do jovem foi encontrado carbonizado neste fim de semana, nas proximidades da mesma região.

    A história de Denes se confunde com a de várias pessoas que deixam família e sua cidade natal em busca de melhores condições de vida. Apaixonado pelo magistério, o professor foi aprovado no último concurso para contrato temporário no Distrito Federal.

    De acordo com o Sinpro-DF, Denes era natural de Teresina (PI) e se mudou para a capital federal, onde começou a trabalhar no Centro de Ensino Médio 01 (Centrão) como professor de inglês. No início de março, saiu de casa para visitar alguns parentes em Brazlândia e desapareceu.

    “Nesta situação trágica que hoje se encontra a família do professor Denes, amigos, a comunidade escolar do Centrão e familiares pedem ajuda para que o corpo possa ser levado para Teresina, onde moram sua mãe e seus irmãos. Diante do alto valor, em torno de R$ 9 mil, o transporte precisa ser feito de forma terrestre, quantia que a família não possui”, descreve a instituição na nota.

    O sindicato pede para aqueles que quiserem contribuir, que transferiram as doações pelo Pix de Analija Maria da Silva, cunhada do professor (pelo CPF: 02361768380), para que a família possa ter condições de realizar o traslado.

    O comprovante de transferência pode ser enviado para a gestora do CEM 01, Nedma Guimarães, no número (61) 99940-5215.

    “Em momentos como este, de dor e de tanta tristeza, o amor e o respeito podem ser demonstrados com a caridade. A diretoria do Sinpro lamenta que mais uma vida tenha sido ceifada de forma tão cruel, trágica e violenta, e se solidariza com amigos, familiares e companheiros(as) que perdem mais um idealista que tinha como sonho levar o amor, o conhecimento e a educação para as futuras gerações”, finaliza o Sinpro-DF.

    Da Redação

    Propaganda
    Clique para comentar

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Propaganda

    Banca de Jornal

    Propaganda

    Popular