Major do Exército é condenado a dois anos de prisão após manifestação política

O major bolsonarista João Paulo Costa Araújo foi condenado a dois anos de prisão por desobedecer a norma do Exército que proíbe manifestações político-partidárias por parte de militares da ativa. O oficial foi preso preventivamente em maio do ano passado após ignorar alertas de superiores e continuar a usar seus perfis nas redes sociais para […]