Conecte-se conosco

Esporte

Flamengo empata com Bragantino e perde a chance de ser líder do Brasileiro

Publicado

em

Os adversários até deixaram chegar, mas o Flamengo não aproveitou. O time de Rogério Ceni tinha a faca e o queijo na mão para assumir a liderança do Campeonato Brasileiro, mas ficou no empate por 1 a 1 com o Red Bull Bragantino, no Nabi Abi Chedid, e perdeu a chance de pressionar o Internacional pelo título da competição.

Com a igualdade, o Rubro-Negro foi aos 65 pontos, mas segue um ponto atrás do Inter, que se mantém líder e terá a chance de abrir quatro na 35ª rodada, restando apenas mais três até o fim do Brasileirão. O Colorado recebe o Sport no Beira-Rio na quarta-feira (10), às 19h. Já o Bragantino ficou na nona colocação, com 48 pontos, e continua na briga por uma vaga na próxima Libertadores.
Cleiton fecha o gol e é o melhor do Bragantino
Melhor da América nas últimas temporadas, o ataque do Flamengo terá pesadelos com Cleiton, goleiro do Red Bull Bragantino. O camisa 40 pegou até pensamento no Nabi Abi Chedid, e só foi batido na cobrança de pênalti de Gabigol. Com as mãos, pés e até o peito, o jovem de 23 anos fechou o gol do Massa Bruta e foi

Os adversários até deixaram chegar, mas o Flamengo não aproveitou. O time de Rogério Ceni tinha a faca e o queijo na mão para assumir a liderança do Campeonato Brasileiro, mas ficou no empate por 1 a 1 com o Red Bull Bragantino, no Nabi Abi Chedid, e perdeu a chance de pressionar o Internacional pelo título da competição.

Com a igualdade, o Rubro-Negro foi aos 65 pontos, mas segue um ponto atrás do Inter, que se mantém líder e terá a chance de abrir quatro na 35ª rodada, restando apenas mais três até o fim do Brasileirão. O Colorado recebe o Sport no Beira-Rio na quarta-feira (10), às 19h. Já o Bragantino ficou na nona colocação, com 48 pontos, e continua na briga por uma vaga na próxima Libertadores.
Cleiton fecha o gol e é o melhor do Bragantino
Melhor da América nas últimas temporadas, o ataque do Flamengo terá pesadelos com Cleiton, goleiro do Red Bull Bragantino. O camisa 40 pegou até pensamento no Nabi Abi Chedid, e só foi batido na cobrança de pênalti de Gabigol. Com as mãos, pés e até o peito, o jovem de 23 anos fechou o gol do Massa Bruta e foi o grande responsável por impedir a vitória que colocaria o Rubro-Negro na liderança do Brasileirão.

o grande responsável por impedir a vitória que colocaria o Rubro-Negro na liderança do Brasileirão.

Fonte: Folhapress

.

Banca de Jornal

Propaganda