Conecte-se conosco

Esporte

Trio ofensivo do Flamengo será desfeito na decisão da Recopa

Publicado

em

Bruno Henrique, Gabigol e Arrascaeta. O trio segue frenético e a toada de 2019, quando conduziu o Flamengo aos títulos do Carioca, do Brasileiro e da Copa Libertadores. Neste domingo, diante do Athletico-PR, a vitória por 3 a 0 se deu graças a um gol de cada e levou o time à inédita taça da Supercopa do Brasil.

No entanto, o trio terá que ser desfeito para a partida de ida da Recopa Sul-Americana, a ocorrer nesta quarta-feira, às 22h30 (de Brasília), no Estádio Olímpico Atahualpa, em Quito. Isso porque, Gabigol cumprirá suspensão automática – uma vez que foi expulso na decisão da Libertadores-2020.

Em entrevista coletiva, Jorge Jesus não quis apontar se Pedro, centroavante de ofício, será o substituto de Gabigol pela decisão continental.

“Vamos ver como os jogadores vão se recuperar nesses três dias. Se tivermos que mudar mais do que estamos acostumados, vamos fazer”, comentou.

Ainda é cedo para dimensionar a ausência de Gabigol, que estará à disposição para a finalíssima, dia 26, no Maracanã. Na temporada passada, cabe sublinhar, o trio em questão participou de 142 jogadas entre gols e assistências.

Gabigol anotou 43 gols e 12 assistências em 59 jogos. Já Bruno Henrique marcou 35 vezes e deu 15 passes certeiros em 62 partidas. Arrascaeta, por sua vez, conseguiu balançar as redes em 18 ocasiões, além de ter dado 19 passes para gols em 52 duelos somados.

Neste ano, em quatro jogos do grupo principal, são 12 participações diretas. Gabriel permanece à frente quanto aos gols: quatro, além de duas assistências. Bruno possui três tentos e uma assistência, assim como o uruguaio, que marcou uma vez até aqui – justamente neste domingo.

A respeito do notável entrosamento com Gabigol e Arrascaeta, Bruno Henrique externou a sua versão para o sucesso, ratificado em mais um jogo decisivo.

“Eu, Gabriel, Arrascaeta, Everton, Diego… O time todo, a gente se identifica muito bem. Claro que nós, do ataque, somos fundamentais para dar essa alavanca no time, nos entendemos muito bem, e muito graças aos trabalhos fortes nos treinos. Fazemos de tudo para chegarmos aos jogos superbem”.

Fonte: Folhapress
Imagem: Flamengo/ Reprodução

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Fluminense bate o Nova Iguaçu no Carioca

Publicado

em

Com gols de Kayky, Fred e John Kennedy, o Fluminense venceu o Nova Iguaçu na noite de hoje (11), no Maracanã, em partida válida pela 9ª rodada do Campeonato Carioca. Anderson Kunzel conseguiu diminuir para o Nova Iguaçu, fechando o placar em 3 a 1.

A vitória teve um gosto especial para Fred, que marcou o gol de número 400 na carreira. Nesta contagem, 182 deles foram marcados com a camisa do Tricolor, onde Fred faz sua segunda passagem desde o ano passado.

Com o resultado, o Fluminense se firmou na quarta colocação do Carioca e ficou mais próximo da Portuguesa. São 16 pontos contra 17 do terceiro colocado. O Nova Iguaçu, com mais essa derrota, fica na 10ª colocação e vê a classificação para a Taça Rio cada vez mais distante.

Kayky: garoto inspirado no primeiro gol
Apesar de todos os holofotes estarem voltados para Fred, o garoto Kayky, de 17 anos, teve as atenções para si no começo do segundo tempo, quando marcou um lindo gol. Ele saiu costurando entre os marcadores do Nova Iguaçu e ainda tirou o goleiro Luiz Henrique da jogada antes de finalizar para as redes.

Fonte: Folhapress

Continue lendo

Esporte

Cruzeiro vence Atlético-MG em clássico do centenário

Publicado

em

O primeiro clássico entre Cruzeiro e Atlético-MG de 2021, e que marcou 100 anos de disputas entre os dois clubes, terminou com a vitória celeste por 1 a 0. O gol do jogo no Mineirão foi marcado por Airton, aos 16 minutos do segundo tempo. No final da partida, William Pottker e Hulk ainda se estranharam e acabaram expulsos. Com o resultado, a Raposa foi aos 17 pontos. O Galo permanece com 21 pontos na liderança, mas pode ver a distância diminuir no topo do Campeonato Mineiro.

Os dois tempos do jogo foram bem distintos. No primeiro, partida morna, com baixíssima intensidade e pouca emoção. Na etapa final, a partida melhorou e teve boas oportunidades para os dois lados. Mesmo com um time tecnicamente pior, o Cruzeiro mostrou mais interesse em toda a partida diante de um rival “tranquilo” na maior parte do tempo e anulado em seu ataque.

Quem foi bem: Sobis lidera ataque do Cruzeiro
Rafael Sobis não foi o cara da partida, mas sua experiência foi muito importante para o Cruzeiro sair vitorioso. Sua agilidade para servir Airton garantiu o único gol do jogo. Méritos também para Fábio, que fez um milagre quando o jogo ainda estava empatado.

Quem foi mal: Hulk entra mal e acaba expulso
Hulk entrou mal no segundo tempo e também ficou abaixo das expectativas, assim como o restante do time alvinegro. Bastante pilhado, acabou expulso nos acréscimos da partida.

Fonte: Folhapress

Continue lendo

Esporte

Flamengo vence Palmeiras nos pênaltis e é campeão da Supercopa

Publicado

em

Um jogaço, digno das duas melhores equipes do país. Com direito a golaços, muitas chances de ambos os lados e disputa de pênaltis, o Flamengo venceu o Palmeiras nas cobranças por 6 a 5 — após empate em 2 a 2 no tempo normal — e sagrou-se bicampeão da Supercopa do Brasil no estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF).

Os gols foram marcados por Raphael Veiga (2) para o Palmeiras – sendo um deles uma pintura – e Gabigol e Arrascaeta para o Flamengo.

Em 2020, o Rubro-Negro já havia sido campeão da competição ao vencer o Athletico-PR por 3 a 0. A Supercopa do Brasil reúne os vencedores do Brasileiro e da Copa do Brasil da temporada.

Na próxima semana, o Flamengo vira a chave para o Campeonato Carioca, onde tem pela frente o clássico com o Vasco na quarta-feira (14), mesmo dia em que o Palmeiras decide a Recopa Sul-Americana contra o Defensa y Justicia (ARG).

Os melhores – Arrascaeta e Veiga maestros
Arrascaeta, pelo Flamengo, e Raphael Veiga, pelo Palmeiras, comandaram suas equipes e, além dos bonitos gols, foram os grandes articuladores de jogadas.

Os piores – Arão e Luan falham
Willian Arão falhou no gol de Raphael Veiga ao sofrer um drible desconcertante e também deixou espaços na defesa em outros lances. Já Luan deu um bote errado no gol de Gabigol.

Fonte: Folhapress

Continue lendo

Popular