Conecte-se conosco

Política

TRE-PI realiza sorteio das urnas eletrônicas auditadas na véspera e dia da Eleição

Publicado

em

O Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI) realizou neste sábado (14), às 9h, no Plenário do Tribunal de Justiça do Piauí, com transmissão ao vivo pelo canal do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI) no YouTube, o sorteio das seis (6) seções eleitorais, dentre as 7.964 de todo o Estado, cujas urnas eletrônicas de votação serão auditadas publicamente, por amostragem, sendo uma da Capital e as outras (5) do interior.

Foram sorteadas para a Auditoria de Funcionamento das Urnas Eletrônicas Sob Condições Normais de Uso, conhecida como Votação Paralela a seção nº 518, da 97ª Zona Eleitoral em Teresina; a seção nº 70 da 91ª Zona Eleitoral em Cajueiro da Praia; e a seção nº 81 da 40ª Zona Eleitoral em Fronteiras.

Já para a Auditoria Verificação de Autenticidade e Integridade dos Sistemas foram sorteadas a seção nº 1 da 81ª Zona Eleitoral em Campinas do Piauí; a seção nº 39 da 79ª Zona Eleitoral em Caracol; e a seção nº 62 do município de Pau d’Arco, pertencente a 32ª Zona Eleitoral em Altos.

O evento foi aberto pelo Presidente do TRE-PI, Desembargador José James Gomes Pereira e contou com a presença do Juiz Membro da Corte Eleitoral do TRE-PI e Presidente da Comissão de Auditoria da Votação Eletrônica para as Eleições 2020, Aderson Antônio de Brito Nogueira, dos Juízes Auxiliares da Presidência e da Corregedoria do TRE-PI, Paulo Roberto de Araújo Barros e Valdemir Ferreira Santos; do Diretor do Fórum Eleitoral de Teresina e Juiz da 1ª Zona Eleitoral da Capital, Thiago Brandão de Almeida; do Diretor Geral do TRE-PI, Ronaldo Maique Araújo Braga; do Secretário de Tecnologia da Informação do TRE-PI, Anderson Cavalcanti de Lima; do Coordenador da Corregedoria Regional Eleitoral do TRE-PI, Danilo Carvalho Franco Pereira; e da representante da OAB Seccional do Piauí, Isabelle Marques Sousa.

Também participaram do sorteio os integrantes da Comissão de Auditoria, além do presidente já citado, o representante do Ministério Público, Promotor de Justiça e da 2ª Zona Eleitoral em Teresina, José Eduardo Carvalho Araújo; e os servidores do TRE-PI, Gilberto Guedes Fernandes; Isabel de Sousa Torres; Cristianna Ribeiro Moura Lopes de Araújo; Márcio Igo Carvalho Ribeiro Gonçalves; Fábio de Sousa Chinelate; e Edilmene Nunes Holanda, bem como da empresa de auditoria externa, contratada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Maciel Auditores e Consultores S/S LTDA, Pollyanne Paz Lima – Auditora Sênior; e Márcio Fernando de Oliveira Silva – Auditor Pleno; e da Polícia Federal.

Em sua fala, o Desembargador Presidente do TRE-PI informou que o procedimento é mais um ato que a Justiça Eleitoral se propõe a executar para dar lisura ao processo eleitoral brasileiro e destacou a presença e a participação de outras instituições públicas no acompanhamento das atividades como o Tribunal do Trabalho e a Justiça Federal. “Essas entidades estão conosco nesse processo para que tenhamos mais uma vez uma eleição democrática e possamos contribuir para a democracia brasileira”, afirmou José James.

O Juiz Presidente da Comissão, Aderson Nogueira, pontuou que todos os atos da Administração Pública devem obedecer ao princípio da publicidade e em razão disso gozam de credibilidade. “Há mais de duas décadas o sistema eletrônico de votação vêm sendo usado e nunca houve uma reprovação, diante de sua credibilidade. Mesmo assim a Justiça Eleitoral, no País inteiro, está fazendo esse sorteio, para mais uma vez demonstrar a confiabilidade da votação eletrônica brasileira”, frisou.

Fonte: Ascom//TRE-PI

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Banca de Jornal

Propaganda