Conecte-se conosco

Política

Sérgio Moro e João Vicente juntos preocupam Ciro Nogueira e Wellington Dias

Publicado

em

Sérgio Moro e João Vicente juntos preocupam Ciro Nogueira e Wellington Dias

As conversas estão intensas em Brasília. Marcada para o próximo dia 10 de novembro, a filiação de Sérgio Moro ao Podemos e sua pré-candidatura à Presidência da República tem potencial para influenciar no cenário eleitoral de 2022, mas não apenas na capital federal.

No Piauí, um novo fato pode alterar o cenário do próximo ano. João Vicente Claudino está movendo as peças. Em silêncio. Sua agenda tem sido intensa. Prefeitos, vereadores, presidentes de partido e senadores da República de outros estados tem mantido contato direto com o ex-senador. O motivo? Sua possível ida para o Podemos junto com Sérgio Moro.

O fator João Vicente

Ao que tudo indica, o ex-senador João Vicente Claudino escolheu um novo destino político. A nacional do Podemos conduziu as tratativas. A presidente do partido, deputada federal Renata Abreu, conduziu tudo pessoalmente. Partiu dela o convite para JVC.

Nos bastidores, políticos afirmam que Claudino já teria comunicado sua decisão aos aliados mais próximos.

João Vicente e Sérgio Moro preocupam Wellington Dias

A notícia da filiação de João Vicente ao partido de Sérgio Moro caiu como uma bomba no Palácio de Karnak. Wellington Dias conhece a força política de João Vicente.

“Pode ser o primeiro de muitos passos de João Vicente com potencial para tirar o sono de alguns políticos”, disse um deputado federal à reportagem. E continou:

Sérgio Moro e João Vicente juntos preocupam Ciro Nogueira e Wellington Dias
João Vicente Claudino pega Wellington Dias de surpresa com sua possível ida para o PODEMOS e apoio a Moro

“O João sabe fazer política, é uma liderança empresarial forte e com o nome limpo. Conhece cada liderança de praticamente todos os municípios pelo nome. Ele é o único que pode mudar o jogo”, concluiu.

Se a mudança ocorrer, JVC deixa o PTB depois de mais de duas décadas.

Ciro Nogueira

Além de Wellington Dias, quem também teria ficado incomodado com a movimentação do ex-senador é o ministro Ciro Nogueira (PP).

Nem ele e nem o governador contavam com a possibilidade, de no Piauí, Sérgio Moro contar com a construção de um palaque forte para 2022. Ciro Nogueira luta para fazer Jair Bolsonaro crescer no Piauí e agora pode contar com mais um adversário na disputa pelo voto presidencial.

Sérgio Moro e João Vicente juntos preocupam Ciro Nogueira e Wellington Dias
Ministro Ciro Nogueira, preocupado, aguarda confirmação de João Vicente no palanque de Sérgio Moro

Por que João Vicente Claudino preocupa Wellington e Ciro Nogueira?

Político experiente, reconhecido como um hábil construtor de partido e candidaturas, foi João Vicente Claudino quem montou a estratégia eleitoral que derrotou Wilson Martins em 2014, na disputa para o Senado para Elmano Férrer.

Naquele ano, de surpresa, JVC abriu mão de sua reeleição ao Senado. Lançou, de última hora, o ex-prefeito de Teresina e então correligionário, Elmano Férrer para o seu lugar. Ninguém que Elamano derrotaria o governador Wilson Martins em mandato. Derrotou. Wilson não estava preparado para enfrentar outro adversário.

Na época, João Vicente não avisou Ciro Nogueira e Wellington Dias de sua estratégia. Mas os dois, governador e ministro, já testemunharam a forma de JVC trabalhar a política e as eleições. Disputando ou não.

A primeira eleição de Ciro Nogueira para o Senado, em 2010, ocorreu ao lado de João Vicente, então candidato a governador.

Ciro, então deputado federal, nunca havia disputado um cargo majoritário a nível estadual. Foi João Vicente, com quase 50 prefeitos, que praticamente garantiu sua eleição. Sua capilaridade no interior garantiu a penetração de Nogueira e o avanço de sua candidatura.

E é assim, como mais uma surpresa, que deve acontecer a ida de João Vicente Claudino para o Podemos. Ao lado de Sérgio Moro, ele forma uma nova variável para 2022.

João Vicente pode mexer no tabuleiro do xadrez político como fez em 2010 e 2014.

Fonte: diario.dopovo.com.br
Fotos: Arquivo

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Banca de Jornal

Propaganda