Conecte-se conosco

    Internacional

    Rússia diz que está pronta para negociar após mandar tropas para Ucrânia

    Publicado

    em

    Rússia diz que está pronta para negociar após mandar tropas para Ucrânia

    Um dia após chacoalhar o mundo com o reconhecimento das autoproclamadas repúblicas russas étnicas no leste da Ucrânia e o envio de tropas à região, o governo de Vladimir Putin disse que está pronto para negociar com os Estados Unidos.

    “Mesmo nesses momentos tão difíceis, nós dizemos: estamos prontos para negociações”, disse a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, no YouTube. Ela disse que seu chefe, o chanceler Serguei Lavrov, irá a Genebra discutir a crise com o secretário de Estado americano, Antony Blinken, na quinta (24).

    Putin moveu uma peça vital na disputa em torno do desenho da segurança europeia na segunda (21), quando reconheceu as ditas Repúblicas Populares de Donetsk e Lugansk, lar para cerca de 4 milhões de pessoas, a maioria russa étnica, 800 mil delas com passaportes do vizinho maior. Alegou riscos de escalada das escaramuças dos últimos dias para uma ação militar que Kiev nega.

    Com isso, e um discurso agressivo em que basicamente negou que a Ucrânia seja um Estado em si, ele colocou o Ocidente em xeque. Desde novembro, Putin tem concentrado tropas em exercícios militares em torno da Ucrânia —150 mil delas, pelo menos, segundo os EUA. Negou que irá invadir o país, mas após reconhecer os territórios rebeldes determinou que tropas russas o ocupem numa missão de “força de paz”.

    Fonte: Folhapress

    Propaganda
    Clique para comentar

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Propaganda

    Banca de Jornal

    Propaganda

    Popular