Conecte-se conosco

Economia

Pesquisa da Fecomercio-PI aponta expectativa de consumo para o Dia das Mães

Publicado

em

Pesquisa da Fecomercio-PI aponta expectativa de consumo para o Dia das Mães

A Fecomercio-PI realizou a pesquisa sobre a intenção de consumo das famílias (ICF) de Teresina  para o Dia das Mães, em parceria com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo.

Esta Pesquisa é revelada em pontos. Acima de 100 até 200 pontos mostra otimismo, e abaixo de 100, caracteriza pessimismo. O ICF de abril atingiu 94,2 pontos, representando uma retração de 19,21% na comparação com o mesmo mês do ano anterior, quando este indicador atingiu o patamar de 116,6 pontos.

O levantamento é constituído dos seguintes componentes: Emprego, Renda, Acesso ao Crédito, Nível de Consumo e Compras de Bens Duráveis.

Emprego e renda
Com relação ao componente Emprego, 26,5% dos entrevistados sustentaram que estão mais seguros nos seus empregos e 27,9% disseram terem ficado satisfeitos por continuar na mesma situação do ano passado. No mesmo mês do ano anterior estes indicadores eram de 31,3% e 26,3% respectivamente. Além disso, importante neste levantamento é a Perspectiva de Melhora Profissional dos trabalhadores que atingiu um otimismo de 118,0 pontos, que do ponto de vista da FECOMERCIO-PI este é um bom indicador mostrando que os Empresários do Comércio e Serviços de Teresina estão apostando que o impacto do novo Coronavírus não está causando desemprego e não ameaça tanto aos que já estão trabalhando.

Foi registrado por 38,5% dos entrevistados que a Renda Atual está melhor, neste mês, do que a do mesmo período do ano passado. Mas, 41,7% disseram que a Renda Atual ficou igual a do ano de 2020.

Acesso ao crédito
O acesso ao crédito ( conseguir empréstimo para comprar a prazo) ficou mais fácil para apenas 22,3% dos entrevistados na pesquisa e mais difícil para 42,4%. Na realidade, a desaceleração do Consumo das Famílias está relacionada principalmente ao comportamento do Crédito às Pessoas, estes não perceberam que as taxas SELIC baixaram de 14,5% para 2,5% e a taxa de cheque especial também teve queda drástica. Como a avaliação deste componente é realizada levando em consideração a classe social do entrevistado, percebe-se que o maior percentual de otimismo está no grupo que fatura acima de 10 salários mínimos (127,9 pontos). E além disso, 52,9% nesta faixa de renda disseram que o crédito ficou mais fácil.

Nível de consumo atual
A Pesquisa revela que mais da metade (52,9%) das famílias teresinenses estão propensas a Consumir mais ou na mesma quantidade do ano passado. É com base neste indicador que o Presidente da FECOMERCIO-PI contabiliza uma forte performance de vendas para o Dia das Mães. Para as famílias consultadas na Pesquisa com faturamento mensal abaixo de 10 salários mínimos o nível de consumo atual ficou em 76,0 pontos, enquanto que nas classes com renda de mais de 10 salários mínimos, o índice deste mês chegou a 129,4 pontos.

Momento para duráveis
A Intenção de se adquirir Bens Duráveis tipo geladeira, freezer, TV, fogão, automóveis e outros sofreu uma variação de -54,1% na passagem de março para abril. Em março de 2021 o índice de pessimismo era de 87,8 pontos, enquanto abril foi de 45,8 pontos. Os Comerciantes que revendem estes tipos de produtos devem ficar mais cautelosos no momento de refazer os seus estoques, pois 79,6% dos entrevistados declararam que este é um mau momento para aquisição de bens duráveis e apenas 19,9% responderam que o momento é bom. A FECOMERCIO-PI afirma que desta vez não foi a falta de crédito o principal motivo das quedas nas vendas destes produtos, mas o novo coronavírus que ficará na triste lembrança de todos os teresinenses.

Fonte: Ascom

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Banca de Jornal

Propaganda