Conecte-se conosco

    Cotidiano

    Padre Tony Batista toma posse na Academia Piauiense de Letras

    Publicado

    em

    Padre Tony Batista toma posse na Academia Piauiense de Letras

    O padre Tony Batista tomou posse na sexta-feira (1º) como imortal Academia Piauiense de Letras (APL), no auditório Dom Avelar Vilela, em Teresina. O solenidade foi prestigiada por muitas autoridades, fiéis e amigos. Tony agora ocupa o assento 22 da instituição.

    “Há muita alegria, mas há temor e tremor. Porque pra mim é mais uma reponsabilidade, não é apenas uma honraria, é mais um serviço. Quando assumimos um coisa como essa, eu levo como uma coisa muito séria. A academia é um momento de ressonância e nós do mundo inteiro estamos doentes, precisando de esperança e se nós somos homens e mulheres, da escrita, da cultura, da fala, temos a responsabilidade de levar esperança, de provocar alegria e de não aceitarmos a indiferença. Fico muito feliz em poder contribuir”, disse Tony Batista.

    A governadora Regina Sousa paricipou da solenidade e ressaltou que cada homilia do sacerdote é um poema.

    “O Padre Tony em primeiro lugar é um pastor, que nos conhecemos ainda muito jovens, somos contemporâneos e independente da sua contribuição literária, cada homilia sua é um poema. Não tenho dúvidas que ele merece estar na academia. Por isso vim prestigiar a sua posse. A academia ganha muito com ele , com o jeito dele, os ensinamentos que ele traz . Então estou feliz por ele e acho que a academia só se engrandece”, disse Regina Sousa.

    Biografia
    O religioso Tony Batista é filósofo e teólogo, com mestrado pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma, e entusiasta da cultura e da comunicação. Entre seus escritos se destaca o livro Memórias de Um Peregrino, onde relata as suas experiências na Terra Santa. O sacerdote também possui especialização em Comunicação pela Pontifícia Universidade Católica de Santiago (Chile) e é reconhecido por muitos como um notório orador. É dele a criação da Caminhada da Fraternidade, evento que é patrimônio cultural e imaterial do Piauí, e que anualmente arrasta uma multidão de pessoas para as ruas de Teresina, em prol dos trabalhos sociais desenvolvidos pela Igreja.

    Da Redação
    Foto: Divulgação

    Propaganda
    Clique para comentar

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Propaganda

    Banca de Jornal

    Propaganda

    Popular