Conecte-se conosco

    Política

    Ministro Alexandre de Moraes toma posse na presidência do TSE

    Publicado

    em

    Ministro Alexandre de Moraes toma posse na presidência do TSE

    O ministro Alexandre de Moraes tomou posse nesta 3ª feira (16.ago.2022) como presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) para um mandato de 2 anos. Ricardo Lewandowski é o vice, mas ficará menos tempo. Ele se aposenta em maio de 2023, quando completa 75 anos.

    A posse reúne, de modo inédito até aqui, os 2 candidatos mais bem colocados na disputa ao Planalto em 2022: o presidente Jair Bolsonaro (PL) e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

    A solenidade também promove o encontro dos ex-presidentes Dilma Rousseff (PT) e Michel Temer (MDB). José Sarney (MDB) também está na sede do TSE, em Brasília.

    A mesa da solenidade reuniu, além de Moraes e Lewandowski:

    Jair Bolsonaro, presidente da República;
    Edson Fachin, presidente do TSE
    Rodrigo Pacheco (PSD-MG), presidente do Senado;
    Arthur Lira (PP-AL), presidente da Câmara;
    Luiz Fux, presidente do STF;
    Mauro Campbell Marques, ministro do TSE;
    Benedito Gonçalves, ministro do TSE;
    Sérgio Banhos, ministro do TSE;
    Carlos Horbach, ministro do TSE;
    Augusto Aras, procurador-geral Eleitoral e
    Alberto Simonetti, presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil).
    Os seguintes candidatos ao Palácio do Planalto foram à cerimônia:

    Ciro Gomes, candidato à Presidência pelo PDT;
    Simone Tebet, candidata à Presidência pelo MDB;
    Geraldo Alckmin, candidato à vice-presidência.

    Também participaram os ministros do STF:

    Roberto Barroso;
    André Mendonça;
    Dias Toffoli;
    Rosa Weber;
    Cármen Lúcia;
    Gilmar Mendes.
    Do STJ:

    Humberto Martins;
    Luis Felipe Salomão;
    Sebastião Reis Jr.;
    Carlos Ferreira;
    Regi Helena;
    Rogério Schietti;
    Marco Aurélio Bellizze;
    Benedito Gonçalves;
    Raul Araújo;
    Mauro Campbell;
    Carlos Horbach;
    Sérgio Banhos.
    Do TCU:

    Bruno Dantas.
    E os políticos:

    Rodrigo Garcia (PSDB), governador de São Paulo;
    Rodrigo Maia (PSDB), ex-presidente da Câmara;
    Eduardo Paes (PSD), prefeito do Rio de Janeiro;
    Ricardo Nunes (MDB), prefeito de São Paulo;
    Randolfe Rodrigues (Rede), senador;
    Davi Alcolumbre (União Brasil), senador;
    Tasso Jereissati (PSDB), senador;
    Gleisi Hoffmann (PT), deputada federal;
    Baleia Rossi (MDB), deputado federal.
    QUEM É ALEXANDRE DE MORAES
    Moraes nasceu em São Paulo, em 13 de dezembro de 1968. É ministro do STF desde 2017, por indicação do então presidente Michel Temer. O ministro se formou em direito pela tradicional Faculdade do Largo de São Francisco, da USP (Universidade de São Paulo), em 1990. Tem doutorado em direito do Estado, livre docência em direito constitucional e é professor associado da instituição.

    Começou a carreira no Ministério Público de São Paulo, em 1991. Atuou como promotor de Justiça até 2002. No mesmo ano, assumiu a Secretaria de Justiça paulista, indicado pelo então governador Geraldo Alckmin (PSB). Em 2005, acumulou o posto na secretaria com a presidência da antiga Febem, atual Fundação Casa.

    Na prefeitura de Gilberto Kassab (2006-2013), chefiou a secretaria de Transportes e Serviços e presidiu a CET (Companhia de Engenharia e Tráfego) e a SPTrans.

    Fonte: Poder360

    Propaganda
    Clique para comentar

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Propaganda

    Banca de Jornal

    Propaganda

    Popular