Conecte-se conosco

    Política

    Lula tem 55% e Bolsonaro 45% dos votos válidos, diz Ipec

    Publicado

    em

    Lula tem 55% e Bolsonaro 45% dos votos válidos, diz Ipec

    A 2ª rodada da pesquisa do Ipec (ex-Ibope) para o 2º turno das eleições presidenciais mostra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) com 55% das intenções de voto para a disputa contra o atual chefe do Executivo Jair Bolsonaro (PL), que tem 45%.

    Os percentuais são dos votos válidos (não contabilizam brancos e nulos). As taxas repetem o resultado divulgado no levantamento da semana anterior, divulgado em 5 de outubro.

    O Ipec entrevistou 2.000 eleitores de 8 a 10 de outubro em 130 municípios das 27 unidades da Federação. O levantamento tem margem de erro de 2 pontos para mais ou para menos em um intervalo de confiança de 95%. Está registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com o número BR-02853/2022, custou R$ 237.301,76 e foi pago pelo Grupo Globo.

    Logo depois da apuração dos resultados de 1º turno, o Ipec foi criticado pela discrepância entre o resultado da disputa ao Planalto e a projeção divulgada pela empresa de pesquisas na véspera da eleição, em 1º de outubro. Conforme o levantamento, o placar em 2 de outubro seria: Lula 51% x 37% Bolsonaro (com margem de erro de 2 p.p.).

    Com 100% das urnas apuradas, Lula e Bolsonaro tiveram no 1º turno, respectivamente, 48,43% e 43,20% dos votos válidos.

    Em nota divulgada no dia seguinte à eleição, em 3 de outubro, a empresa disse que sua última pesquisa “mostrou que não era possível afirmar se a eleição acabaria ou não no primeiro turno”.

    Afirmou também que a diferença de pontos percentuais na votação e na projeção de Bolsonaro “ocorreu por tendências já apontadas pela pesquisa”. Leia mais sobre o assunto aqui.

    Rejeição
    Perguntados sobre quem não pretendem votar “de jeito nenhum” para presidente, 48% dos entrevistados citaram o atual presidente, enquanto o candidato petista teve 42% das menções.

    Fonte: Poder360

    Propaganda
    Clique para comentar

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Propaganda

    Banca de Jornal

    Propaganda

    Popular